terça-feira, 21 de setembro de 2010

AINDA HÁ TEMPO! (Escrito por Rodrigo Almeida)

Se pudéssemos voltar ao passado, o que mudaríamos em nossas vidas? Talvez, aquele que usou a mão para bater, a usasse para afagar. O que ofendeu, dissesse palavras de carinho. Aquele que partiu, voltasse. Quem mentiu, lutasse pela verdade. O que odiou, pudesse amar.

Muitas vezes nos questionamos: Por que não fizemos o que era correto? Por que preferimos viver a vida sem valorizar o tempo? Uma pessoa que não valoriza o tempo é alguém que não valoriza a vida. Quanto vale uma hora de conversa, ou dois minutos de elogios? Qual é o valor de um minuto de abraço, ou dos segundos que um beijo nos toma? Quanto vale o tempo de uma família reunida?

Por que não valorizamos o tempo de nossas vidas? Qual o motivo de andarmos perdidos na escuridão da individualidade, do que juntos pelo caminho iluminado? Se procurarmos uma razão, certamente iremos achar. Se buscarmos um motivo, este se revelará diante de nós.

Por que esperar uma vida toda, para descobrirmos o seu valor? Por que aguardar que o fim se aproxime, para pensar nos erros do começo? A palavra lançada não voltará. A atitude tomada não deixará de existir, o tempo perdido não retomará o valor que lhe era devido.

Preocupamo-nos com o que perdemos ontem, no que ganharemos amanhã, mas não valorizamos o que nos é dado hoje. Somos ingratos sem ao menos sermos dignos, somos egoístas muito antes de sermos merecedores.

Qual o valor do seu dia? O hoje deve ser a nossa preocupação, para que o amanhã não seja tomado pelo arrependimento. Somente poderemos mudar o futuro, se valorizarmos o presente. É preferível viver a alegria do presente a chorar as lágrimas do que passou.

Como recebemos o presente que nos é dado a cada manhã? Qual é o valor do tempo? Pergunte a filha que viu sua mãe partir: Qual o valor do tempo que viveram juntas? Questione ao mutilado, o valor de seus próprios passos. Ouse refletir sobre a solidão de quem nunca teve uma família, ou daquele que vendo seu filho enfermo, não teve tempo para curá-lo.

Ainda há tempo!tempo!

Para que as nossas memórias sejam cristalinas, para vivermos um novo dia, para valorizarmos o presente que nos é dado. Para estender a mão ao que clama.

Ainda há tempo!

Para o beijo que não foi dado, para o carinho omitido, para o perdão que foi retido, para amarmos e sermos amados.

Ainda há tempo!

De mudar o presente, de valorizar o momento, de preferir o amor ao ódio, de fazermos o que é justo e correto. De descobrirmos que não somos o fruto do mero acaso, que a nossa vida tem um propósito, uma razão.

Ainda há tempo!

Para secarmos a lágrima, sermos felizes e vivermos unidos. Para sofrermos a tristeza do outro e juntos nos alegrarmos para sempre.

Ainda há tempo ...

Rodrigo Almeida

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS