quarta-feira, 6 de março de 2013

LÁGRIMAS....



Deus criou as glândulas lacrimais. Essas glândulas estão alojadas na fossa da glândula lacrimal, no osso frontal, recebendo inervação simpática e parassimpática do Sistema Nervoso Autônomo. Sua função é produzir o fluido lacrimal para a lubrificação e limpeza do globo ocular. Sem você saber, ou mesmo controlar, o sistema nervoso autônomo produz a lágrima que irá lubrificar o globo ocular evitando o ressecamento, e para proteger os olhos contra substâncias estranhas e infecções. Em momentos de tristeza ou profusa alegria, quando as emoções invadem nosso ser, é comum que os olhos lacrimejem e as lágrimas escorram sobre nossa face.

Homem que é homem não chora! Bem eu penso o contrário. Penso que homem que é homem, chora e chora sempre por razões justificáveis. Afinal das contas os homens também têm as glândulas lacrimais. A Bíblia diz que Jesus chorou. Interessante! Jesus que conhece as possibilidades todas, sabe o que foi é e será, chorou. Chorou em Jerusalém. Um choro lamentoso de saber o que seria da cidade de tantas oportunidades. Chorou ao ver a tristeza de Maria e dos judeus após a morte de Lázaro, mesmo sabendo que na economia divina Lázaro iria ressuscitar sob sua ordem e poder.

E já chorei, por várias razões, circunstâncias e motivos. Já chorei de tristeza, já chorei de alegria. Recentemente acordei de madrugada e em meu encontro com Deus, na escuridão do meu quarto e diante de mim mesmo, chorei copiosamente. Dormi, com lágrimas em meus olhos. Esqueci-me disso. Foi minha esposa quem me lembrou não só que chorei, mas as razões que fizeram brotar, em meus olhos, as lágrimas.

Lembro-me de ter lido a notável obra do romancista Aloízio de Azevedo intitulada Uma Lágrima de Mulher. Preocupado com a realidade cotidiana, seus temas prediletos foram a luta contra o preconceito de cor, os vícios, o anticlericalismo, o adultério, o povo humilde. Foi seu primeiro romance. Obra que recomendo. 

Jesus disse: “Bem-aventurados os que choram porque serão consolados”. Mateus 5.4 Choram porque percebem o quão pecadores são, o quão frágeis são, o quão transitórios são. Choram porque sabem que nada possuem de si mesmos que possa conquistar o coração daquele que é Santo, Todo-Poderoso, Eterno e Glorioso.

Com a mais absoluta certeza o homem orgulhoso não chora. Ele na verdade anda satisfeito com “suas” conquistas. Seu auto-conceito é exacerbado  ele anda altivo e se posta em um pedestal esperando que os demais pobres mortais o reverenciem.  Ele é um deus para si mesmo e se julga objeto de adoração. A empáfia dos imperadores romanos era tamanha que eles permitiam até a edificação de templos onde sua personalidade era adorada como se fossem verdadeiras divindades. 

Todos nós precisamos subir ao monte onde Jesus se assentou e aprender com Ele. Precisamos ouvir novamente sua doce voz e acolhê-la com carinho e atenção. Precisamos chorar! As lágrimas, nesse caso, não lubrificam apenas os olhos; essas lágrimas lavam nossa alma. Essas lágrimas não impedem apenas que os germes se acumulem em nossos olhos e evitem as infecções. Essas lágrimas lavam a alma do mais danoso de todos os vícios – o orgulho. Chorar é diminuir a profundidade da dor, disse William Shakespeare. Quando a consciência diz quem somos,  ela nos leva a chorar. Então estamos a caminho de encontramos cura. Sim porque o Salmista disse: “...o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã”. Sl. 30.5

Se chorar, sob essa perspectiva, faz bem, então, mãos à obra, senhoras e senhores, jovens e crianças....choremos! Tenham a mais absoluta certeza de que essas lágrimas são justificáveis. Melhor chorar agora, e por esse motivo, do que chorar em uma eternidade onde as lágrimas não terão sentido.                                                                                                                                                        
Rev. Mauro Sergio Aiello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS