terça-feira, 3 de setembro de 2013

PERGUNTAS INQUIETANTES.

Certa vez eu ouvi dizer que o que movimenta o mundo não são as respostas, mas sim as perguntas. Aliás, saber fazer perguntas é mesmo uma arte. Recordo-me de que ao participar de um Congresso, houve em um determinado momento, um período de perguntas ao palestrante. Foi mesmo um momento de teste para a paciência de todos, aquele momento. Conclui, com aquilo tudo, que deveríamos fazer um Congresso cujo tema seria - APRENDENDO A FAZER PERGUNTAS EM CONGRESSOS.


Tenho eu aqui algumas questões que quero propor. Veja se você pode respondê-las e perceba o quão inquietantes são elas.


A Igreja é sal, o mundo é terra, a Igreja é Luz, o mundo, trevas. A Igreja tem como comandante, Cristo, o mundo o Diabo. A Bíblia, em seu todo, afirma que não pode haver comunhão entre luz e trevas, entre a Igreja e o mundo. Não se trata de olhar o mundo apenas, mas sim tentar acomodá-lo nos limites da Igreja. Impossível as trevas coexistirem onde brilha a luz. Onde você está? A quem tu pertences?
                 

A Igreja de Cristo é o próprio Cristo na terra. O mundo, jaz no maligno. O mundo tem seu sistema implantado a partir da queda dos nossos primeiros pais. A Igreja é o povo selecionado e eleito antes que houvesse mundo. Percebe você que não se trata apenas de serem diferentes. Igreja e mundo são duas realidades antagônicas, oponentes, irreconciliáveis sem nenhuma possibilidade de comunhão e suas origens revelam que é impossível qualquer tentativa de aproximação. Na carta que Jesus escreveu à Igreja de Laodicèia (Apocalipse 3.15,16), o Mestre condena essa tentativa de miscigenação espiritual e diz: “Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente: Quem dera fosses frio ou quente! Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou pronto a vomitar-te da minha boca”.  És quente ou frio? Ou és morno?
                    

A qual dessas sociedades você pertence, meu caro leitor? Você é membro da Igreja de Cristo ou és associado ao mundo? Você é soldado de Cristo ou és membro do exército do maligno? Você é sal ou terra, és luz ou trevas, és quente ou frio,  és Igreja ou és mundo? Essa questão é de vital importância, pois sua resposta define  seu destino eterno. A Bíblia deixa evidenciado que aqueles que pertencem a Igreja de Cristo irão reinar com Ele eternamente, todavia, aqueles que pertencem e amam o mundo irão viver a eternidade na total alienação de Deus em um lugar chamado inferno. É inferno porque será um lugar de sofrimento eterno. Responda: você de que lado você está?


Mas deixa eu dizer mais uma coisa que julgo importante. E isso tem a ver com algumas pessoas que vivem dando desculpas dizendo não pertencerem à Igreja de Cristo. Sou sincero em dizer que se você se diz crente, e não age assim, não se engaja, não se relaciona, não serve a Cristo na Igreja, não a frequenta, não contribui, não ora por ela, então você não é regenerado. Você pode até se simpatizar em algum aspecto com ela, mas ainda não pertence a ela, pois ainda não nasceu de novo. Seria difícil, intelectualmente compreender, que a Igreja é o Corpo de Cristo, e que Cristo é a cabeça desse corpo? Pois sendo assim, se você não ama a Igreja de Cristo, você não ama o próprio Cristo. E por favor, não me venha com essa desculpa de que na Igreja de Cristo tem muitas pessoas hipócritas, porque Jesus teve entre seus discípulos gente de todo tipo e Ele os amou até o fim. Jesus mesmo nunca ocultou a verdade de que a Igreja está no mundo é que o mundo é o campo onde o inimigo semeou o joio. A questão toda não é o outro, meu prezado leitor, mas sim você. Quem é você? Joio, ou trigo, luz ou trevas, sal ou terra? Jesus disse em sua oração sumo sacerdotal referindo-se aos crentes: “Eles não são do mundo, como também eu não sou”. (João 17.16) Quem é você em relação a Igreja?


A Igreja está no mundo, mas não é do mundo. A Igreja está no mundo para testemunhar ao mundo a respeito de Jesus como Salvador e Senhor e isso só é possível se nosso nível de engajamento e responsabilidade com a Igreja for profundo e não superficial. “A igreja é a realidade e a extensão de Cristo como vida a Seus crentes para formar uma esfera na qual Deus governa em vida.” (Witness Lee)


A Igreja não é um museu, nem teatro, tampouco mercado, ou confraria. A Igreja é a noiva de Cristo, pela qual ele deu sua própria vida e derramou seu precioso sangue. Se você não estiver disposto a se dedicar a ela isso é evidência clara e inequívoca de que você ainda não é um cristão de verdade. A Igreja continuará a ser, até sua plena redenção, uma agência divina conduzida por mão humanas. Onde está a tua mão, prezado leitor?

2 comentários:

  1. Muito boa exortação Pastor!!
    A igreja é o própio JESUS, quem não ama a igreja não O ama.
    Me lembrei do texto de Saulo na estrada de Damasco e Jesus fala para ele:
    Saulo, Saulo por que você me persegue?
    E Saulo era perseguidor da igreja, não é?

    ResponderExcluir
  2. Edificante....obrigado por compartilhar.....

    ResponderExcluir

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS