quarta-feira, 18 de junho de 2014

TAENIA SOLIUM - A SOLITÁRIA

             
A verdadeira e cristã amizade resiste a todas as provas simplesmente porque suas bases são bíblicas. A amizade entre irmãos em Cristo não se fundamenta em princípios humanos, pura e meramente, mas sim em princípios bíblicos cristãos com o o amor, a sinceridade, a verdade e o perdão. 


Disse Jesus“Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros”. (João 13.35). Se você ama alguém e não ama outrem, você não ama nem um e nem outro. Em minhas observações tendo aprendido que aquele que ama assim, na verdade não ama. O que ele tem é afinidade. O seu relacionamento com aquele que ele diz amar é de cumplicidade e não de verdadeira amizade.


Certa vez recebi um casal em minha casa e na conversa que tiveram comigo revelaram que estavam ali para me alertar sobre uma pessoa com a qual tínhamos amizade e que frequentava nossa casa. No final disseram que se eu desejasse ser amigo deles eu deveria deixar de lado a amizade com aquela pessoa. A questão toda é que eles haviam tido um problema de relacionamento com ela e não “acertaram as contas” como deveriam ter feito. Lamentei e disse a eles que, ao invés de tentar me colocar contra aquela pessoa (Prov. 6.16-19) eles deveriam dar um tratamento bíblico ao problema de relacionamento com a pessoa em questão (Mateus 18.15-35). Perguntei a eles o quanto eles amavam aquela pessoa, de verdade. A pergunta está sem resposta até hoje.


Muitos problemas entre nós cristãos e membros de Igreja reside no fato de que não usamos a Bíblia como deveríamos usar no trato dos conflitos em nossos relacionamentos. Somos sempre tentados a envolver outras pessoas ou simplesmente fazemos voto de cerrar os lábios e não tocar no assunto. Uma pessoa doente não pode simplesmente esperar que o silêncio em relação à sua enfermidade irá produzir cura. Pelo contrário! A experiência tem mostrado que o silêncio ou o envolvimento partidário de outras pessoas, agravam, em muito, a questão. No caso da Igreja quebra-se a unidade. Não estou me referindo a pequenos “problemas”. Eu já fui ofendido inúmeras vezes, mas simplesmente entendi que o melhor a ser feito era orar e perdoar o ofensor. Todavia, quando o problema é grave, afeta famílias e a saúde espitual, tira o ânimo e o prazer em servir a Deus e ao próximo com os nossos dons, devemos seguir o que diz a Biblia.


Ao que me parece há situações que, quando não são tratadas adequadamente, são como o parasita chamado Solitária (Taenia Solium). Se ficar um pedacinho, ela volta a crescer. Meu conselho a todos é que sigam as orientações do Mestre dos Mestres, Jesus Cristo, naquilo que lemos em Mateus 18.15-35, Gálatas 6.1-5. O tratamento deve ser cristão. Não é fácil! Mas é assim que tem que ser. Perdão deve ser pedido e perdão deve ser dado, sem cerimônias ou constrangimentos. “Ensinaram-nos bastante que devemos perdoar nossos inimigos. Creio que já é hora de aprendermos a perdoar nossos amigos”. (Cosmus, Duque de Florença). Você sabia que a Taenia Solium (Solitária) pode sair pela boca? Pois é; questões não tratadas biblica e cristãmente irão sair pela boca em forma de ironia, crítica ou violência verbal. Afinal das contas a boca fala do que está cheio o coração.


Trate a questão e acabe hoje com o problema, antes que o problema acabe com você.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS