terça-feira, 9 de setembro de 2014

A MULHER SAMARITANA E A ADORAÇÃO


O resultado do encontro de Jesus com a mulher samaritana junto ao poço de Jacó, deixa claro o sentido das palavras: “E era-lhe (Jesus) necessário passar por Samaria”. (João 4.4). Na verdade quem queria ir da Judéia para a Galiléia, ou vice-versa, em uma distância que cobria 200 Km, faria o percurso em apenas 3 dias se passasse por Samaria. Todavia, os judeus preferiam contornar Samaria aumentando em 3 dias a caminhada, além de atravessarem o sinuoso rio Jordão por duas vezes. Samaritanos e Judeus não se davam muito bem. As razões são variadas, mas a principal delas é que os judeus consideravam os samaritanos  impuros.

Assim, “...era-lhe necessário passar por Samaria”, implica em que Jesus, um judeu, tinha algo para fazer naquela cidade samaritana e isso estava dentro dos planos eternos do Pai. Na verdade assim como Jesus encontrou Zaqueu que se aninhava naquele sicômoro para vê-Lo, o mestre encontrou a mulher que ao meio dia foi buscar água naquele poço, de tanta história para Judeus e Samaritanos. E João registrou esse encontro inspiradamente.

João foi o evangelista que escreveu para a mente grega e procurou ensinar, mais do que qualquer outro que Jesus é o próprio Deus. Entretanto aqui nesse texto ele enfoca a humanidade de Jesus de uma forma extraordinária. Ele mostra um Jesus cansado, com fome. Ele fala de um Jesus que mesmo sendo judeu quebra as convenções dos seus dias ao falar com alguém de Samaria; e esse alguém era uma mulher. A situação é mais densa quando o judeu pede algo àquela mulher samaritana. Essas atitudes deixam a mulher boquiaberta.

No transcorrer daquele inusitado diálogo a mulher percebe estar diante de alguém que era mais do que um simples judeu. Ela compreendeu que se tratava de um profeta e sua alma, de mulher excluída e pecadora, revela um notável interesse de cunho teológico que tinha a ver com a adoração a Deus. Jesus, mui gentil e amorosamente, ensina àquela mulher que 

(1) Os adoradores verdadeiros são aqueles que conhecem a Deus o Pai na intimidade. Não basta saber coisas sobre Deus, é preciso conhece-Lo na intimidade. Conceitos e concepções equivocadas sobre Deus irão produzir liturgia equivocada. Parece-me que isso tem sido uma marca distinta dentro do Cristianismo. Temos muito som e pouca reflexão, muitas declarações sem consistência bíblica.

Jesus ainda ensina que (2) na adoração o “como” é mais importante do que o “onde”. Jesus ensina que se você adora em Espírito e Verdade, não importa, necessariamente, onde. Nós pecadores temos uma natural tendência que é a de desviar o foco, ou seja, tiramos nossa atenção daquilo que realmente é prioritário e necessário para convergirmos nossa atenção ao que é secundário e supérfluo. 

Mas há algo denotativo a respeito desse “como” que fica implícito, ou seja; (3) adoração é mais um estilo de vida do que um momento comunitário estanque. Pensar que adoração é só aquilo que acontece quando o povo de Deus se reúne é um equívoco. Se não houver culto na vida (adoração na vida), não haverá vida no culto (vida na adoração comunitária). 

Jesus passou por Samaria para deixar esse ponto claro e para conduzir o coração daquela mulher à verdade. Oramos para que Ele encontre teu coração igualmente apto e sensível para acolher seus incomparáveis ensinos. Amém!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS