segunda-feira, 3 de agosto de 2015

61

Amores e dores, senti
Alegrias e tristezas vivi.
Cheguei tantas vezes e tantas parti
Recomecei incontáveis vezes
Sempre imaginando fazer melhor
Mas nem sempre foi possível

Quantos beijos já dei?
Ah! Perdi as contas, não sei.
Abraços sinceros e acenos de adeus
Gente que veio e se foi
Lembranças que ficaram e outras se apagaram
No ciclo da vida que é incrível

Dúvidas? Muitas. Certezas outras tantas
Vitórias e derrotas? Perdi as contas!
Sol de manhã, chuva à tarde.
Outonos, invernos, primaveras e verões. 
Ninguém se cansa na dinâmica da vida 
Viver é preciso, pois a vida é um dom.

Paixões? Muitas. Amor? Só por ela.
Amor de verdade jamais acaba
Com o tempo cresce
Quanto mais tempo, mais amadurece.
E transforma a relação em dependência
Viver sem esse amor seria pura demência

Quantas músicas me encantaram
Quantos sons meus sonhos embalaram
Quantas manhãs, entardeceres e noites.
Não me canso de vivê-los.
Quão terrível seria não tê-los
É a vida que segue até o crepúsculo.
  
Pessoas é que me importam, isso é coisa boa.
Se valorizamos coisas vivemos a toa
Não me importo com coisas
Mas se amamos pessoas
A vida então teve propósito e razão
Não importa quanto se viva, quantos anos são.

Inveja? Não, por Deus não!
Somos seres diferentes e únicos.
Cada um é o que é porque tem que ser
E precisamos seguir é preciso viver
Precisamos suportar a dor e gozar a alegria
E assim viver cada dia.

Eu aprendi que o humilde aprende na escola da vida
Nesses altos e baixos, subidas e decidas.
A vida tem seu enredo e nela somos personagens
Tão comuns tão rotineiros
Não é preciso ser sempre o primeiro
Precisamos continuar, continuar e continuar.

Eu já vivi e até aqui eu aprendi
Que amar é se doar ao outro
É a razão do viver e do existir
Foi assim a vida de Jesus 
Vivi intensamente e amou de longe e de perto
Se não amamos não vivemos por certo

Eu já vivi bastante e então descobri
Que é preciso coragem para amar
Os fracos não amam, pois não querem sofrer.
Mas o pior sofrimento é não amar
Nunca derramar lágrimas por quem se ama
A vida fica chata, sem sentido.

Eu aprendi que os fracos não sabem dar,
Dar e fazer o bem só os fortes praticam.
Não vivemos para nós mesmos.
Pensar em si só, é insanidade.
Pura maldade, sonho, ilusão.
Só se vive de verdade no outro coração.

Já dei sessenta e uma voltas no quarteirão da vida
Se aprendi? Ah! Sim, mas ainda há muito para aprender.
Ainda tenho muito que amar, quero ter mais para dar.
Não quero para mim mesmo, isso é egoísmo, tolice.
Quando damos recebemos, isso é um milagre. ´
É assim que se faz.
Dando e vivendo, vivemos ainda mais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS