terça-feira, 25 de agosto de 2015

A VIDA CRISTÃ IMATURA

A VIDA CRISTÃ IMATURA
Já estou na estrada da vida há longos 61 anos. Todos esses anos vivendo em meio a muita gente, na música, no esporte, na religião. Tenho vivido emoções de extremos diferentes, algumas muito alegres e outras, na mesma proporção, tristes. Já me vi agindo de forma imatura, por uma quantidade incontável de vezes. Algumas dessas minhas imaturidades eu pude, com o tempo corrigir, outras terei de levar suas consequências até o dia de minha partida.

Não tem jeito, essas imaturidades com seus dolorosos resultados irão me acompanhar até o dia em que eu me tornar apenas lembrança na mente das pessoas.

Quero falar com você sobre a imaturidade na vida cristã. Quero falar sobre as Características de Uma Vida Cristã Imatura.

Um cristão imaturo é aquele que não amadureceu, ou seja, os anos vieram e se foram, mas ele continua pensando e agindo como alguém que não aprendeu nada no âmbito espiritual. E na verdade não aprendeu mesmo. Há um trecho de uma música popular de autoria do compositor e intérprete Beto Guedes que diz assim: “A lição sabemos de cor, só nos resta aprender”. Suponho que o que Beto Guedes queria dizer é que a lição, na teoria, aprendemos, só nos falta coloca-la em prática e é a prática de uma teoria que nos faz experientes, maduros. Há crentes que não amadurecem a despeito do longo tempo nos bancos da Igreja. Esses crentes imaturos nunca colocam em prática o que aprenderam de fato. Há um hino que diz: Crer e observar, tudo quanto ordenar. O fiel obedece ao que Cristo mandar. Crentes imaturos são crentes leem a Palavra, mas não são praticantes dela (Tiago 1.22-25)

I - A PRIMEIRA CARACTERÍSTICA DE UM CRISTÃO IMATURO É A DIFICULDADE QUE ELE TEM DE APRENDER COM SEUS PRÓPRIOS ERROS.

Um cristão imaturo é alguém que não aprende com os seus próprios erros e equívocos. Ela continua pensando e agindo sempre da mesma maneira. os resultados são dolorosos e lacrimosos, mas ela permanece na mesma atitude. Veja o caso do Rei Saul. Ele foi recalcitrante e por isso se tornou desqualificado para continuar à frente do reinado de Israel.

Não importa quantos anos de vida cristã a pessoa tem ela se mantém pensando e agindo de forma imatura. Essa é a primeira característica de um cristão imaturo e eu considero a mais grave, ou seja, a incapacidade de aprender com seus próprios erros. Eu gosto do refrão da música do Frejat que diz: Não deixe o sol morrer/Errar é aprender/Viver é deixar viver/Não deixe o sol morrer/Errar é aprender/Viver é deixar viver. 


II - A SEGUNDA CARATERÍSTICA DE UM CRISTÃO IMATURO É A FALTA DE HUMILDADE.

Um cristão imaturo se recusa a aprender porque não é suficientemente humilde para reconhecer os seus erros. Jesus disse que são bem aventurados os humildes, e esses são aqueles que ao contemplarem a grandeza de Deus, percebem sua pequenez, ao contemplarem a santidade de Deus, percebem seu estado de pecaminosidade, ao contemplarem o poder de Deus, percebem sua fragilidade, ao contemplarem a majestade de Deus, percebem sua pouca importância. Uma pessoa imatura é aquela que em vez de olhar para Deus e se espelhar Nele, olha para o seu próximo e se julga melhor. Por isso jamais aprende e amadurece. O seu referencial não é Deus em Cristo, mas o seu próximo. A soberba e o orgulho são obstáculos para o desenvolvimento e maturidade cristã.

III - OUTRA CARATERÍSTICA DE UMA VIDA CRISTÃ IMATURA É A TENDÊNCIA DE CULPAR OS OUTROS POR SEUS ERROS.

Outra característica de uma pessoa imatura é a tendência de culpar os outros pelos seus erros e equívocos. Vemos isso de imediato na queda dos nossos primeiros pais, ou seja, o jogo do empurra-empurra. Adão disse, querendo responsabilizar Deus por seu erro: “A mulher que me deste por esposa, ela me deu da árvore, e eu comi”. De bate-pronto Adão responsabilizou Deus e a mulher por seu erro de cumplicidade. Eva, por outro lado disse: “A serpente me enganou, e eu comi”. (Gênesis 3.11-13) Essa síndrome é por demais comum. Eu sempre me preocupo com o caráter de algumas crianças que, flagradas fazendo algo errado, entregam seus cúmplices. Um cristão imaturo está sempre apontando seu dedo na direção do outro e se recusa a fazer sua mea culpa.

IV - OUTRA CARACTERÍSTICA DE UM CRISTÃO IMATURO É QUE ELE PENSA NAQUILO QUE A IGREJA DEVE FAZER POR ELE E NUNCA NAQUILO QUE ELE DEVE FAZER PELA IGREJA.

O cristão imaturo é sempre um crítico de plantão. Ele está sempre vendo erros e equívocos na Igreja da qual é membro. E na maioria das vezes para tentar justificar sua falta de engajamento e responsabilidade.

Lembro-me quando era mais jovem, vivia criticando a minha Igreja tentando justificar meu pouco engajamento e envolvimento com ela. Foi com dores que eu aprendi que não há Igreja perfeita. A Igreja perfeita não é a militante, mas sim a Igreja Triunfante, ou seja, aquela que já está na glória. Um crente maduro é aquele que vive e convive em uma Igreja com seus defeitos e limitações, mas sempre se oferece para fazê-la melhor a partir dele. Um crente imaturo culpa os outros por sua imaturidade e por sua falta de engajamento. Um crente maduro coloca a mão no arado e não olha para trás, nem tampouco para os lados.

Por causa disso o crente imaturo tem raízes pouco profundas, de tal maneira que qualquer vento ou brisa é suficiente para derrubá-lo e torná-lo infrutífero. Já perdi as contas das desculpas esfarrapadas de algumas pessoas que ficam mudando de Igreja. São como folhas secadas levadas ao vento. São cristãos que nunca se revelam operosos. Certo dia perdi a paciência com uma pessoa que disse que nossa Igreja tinha panelinhas. Então eu disse a ela: - Minha filha toda Igreja tem panelinha. O teu problema é que você não consegue fazer parte de nenhuma delas e viva minha jovem.  

Outra desculpa é dizer: - Os outros irmãos não me cumprimentam. Eu, em muitos casos, respondo: - Querido (a), vá lá e cumprimente você as pessoas. A questão toda é que crentes imaturos gostam de serem paparicados. São egoístas e pensam que o mundo gira em torno delas.

A Igreja de Cristo na terra é militante e cheia de defeitos. Ainda não estamos no céu com a Igreja Triunfante. Essa é perfeita, aquela, até por nossa culpa e limitação, ainda é imperfeita e falha. É claro que a compreensão disso não nos deve fazer cruzar os braços, mas crentes maduros pensam em soluções a partir deles e não apenas dos outros.

V - OUTRA CARACTERÍSTICA DE UM CRISTÃO IMATURO É A NEGLIGÊNCIA COM A VIDA DEVOCIONAL DIÁRIA.

Vida devocional é uma vida que cultiva o hábito da leitura e meditação bíblica, além de uma vida de intensa oração. Assim como alimentamos o nosso corpo com o pão para podermos ter energia e nos mantermos em condições de enfrentarmos os desafios que a vida nos impõe, ler, meditar na Bíblia e orar, são alimentos que sustentam a alma e dão vigor espiritual. Um crente imaturo negligencia esse hábito da devoção diária.

O Salmista diz que o homem bem aventurado é aquele que, não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores e nem se assenta na roda dos escarnecedores, pelo contrário, o seu prazer está na lei do Senhor e nessa lei ele medita de dia e de noite. (Salmo 1)

Todo cristão que se tornou referência de vida cristã foi aquele que praticou a leitura e meditação na Palavra de Deus e também um intenso exercício na oração. Por outro lado cristãos imaturos não conhecem e nem amam a Palavra de Deus. “Quanto amo a Tua Lei. É a minha meditação, todo o dia! (Salmo 119.97) “Orai sem cessar”. I Tes. 5.17)

Recordo-me de um episódio triste, mas ao mesmo tempo esclarecedor quanto ao que temos dito aqui. Certa noite, após o Culto Vespertino na Igreja onde eu era membro e ainda Seminarista, fui procurado por um jovem. Ele queria se aconselhar comigo.

Fomos para uma sala e oramos. Ele começou a me dizer como era sua vida. No relato ele disse mais ou menos isso: - Maurão, você sempre me vê na Igreja. Eu sou aluno na Escola Dominical, canto no Coral. Mas você não me vê durante os outros dias da semana. Nesses dias eu peco de forma vergonhosa. Aqui ele parou e começou a chorar copiosamente. Então retomou o fôlego me disse: - Maurão: eu costumo frequentar prostíbulos. Eu vivo uma viva imunda. Eu estou desesperado porque eu sei que estou vivendo uma vida dupla e isso tem me incomodado. Hoje eu resolvi procurar alguém para contar isso e pedir ajuda.

Confesso que fiquei boquiaberto com aquela confissão. Confesso, também, que não sabia o que fazer. Fiquei, enquanto o jovem falava, orando a Deus e pedindo que Ele me ajudasse a dizer algo àquele jovem. Então eu fiz duas perguntas a ele e pedi que ele fosse sincero comigo. – Querido, você lê e medita na Bíblia todos os dias? Ele parou para pensar e respondeu: - Não eu não faço isso. Nunca fiz isso. Fiz a segunda pergunta: - Eu agradeço a sua confiança em me confessar isso tudo, mas eu quero saber se você ora todos os dias e se você já se derramou na presença de Deus pedindo socorr? Ele olhou bem para mim e me disse: - Não, Maurão, eu nunca falei com Deus sobre isso, eu nunca oro. Só oro aqui na Igreja.

Aquele jovem confundiu vida comunitária com vida cristã. Vida cristã é vida de intensa comunhão com Deus. Aliás, vida é comunhão com Deus. Ser membro de uma Igreja é o resultado natural de uma vida cotidiana com Deus. Muitas pessoas estão na Igreja, mas a Igreja não está nelas. Elas são cristãs aos domingos, mas durante os demais dias da semana são qualquer outra coisa. Lembro-me da cantata Boas Novas em que havia uma música em que uma das estrofes dizia o seguinte: Domingueiro nunca queira ser/No domingo ele é santarrão/Na segunda, terça, quarta, quinta e/|Sexta, sábado não é santo não.

CONCLUSÃO

Finalizo esse meu ensaio sobre VIDA CRISTÃ IMATURA te convidando a olhar para Cristo. Sim, não olhe para mim ou para qualquer outro ser humano. Nós também estamos e temos a responsabilidade de irmos melhorando. Olhe para Cristo! (Hebreus 12.1-3)

Jesus nunca errou, mas ele assumiu os nossos erros.

Jesus foi um exemplo de humildade. Ele deixou sua glória para se tornar como um de nós. (Filipenses 2.1-11).

Jesus assumiu a nossa culpa (Isaías 53).

Jesus comprou sua Igreja com seu próprio sangue.

Jesus viveu como homem e enquanto esteve entre nós ele desenvolveu uma vida de intensa comunhão com o Pai.

Quero te convidar a refletir sobre tua vida. Faça uma avaliação. Seja franco! Seja sincero contigo mesmo!

A Bíblia Sagrada doutrina: "O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas os que as confessa e deixa alcançará misericórdia. Feliz o homem constante no temor de Deus; mas o que endurece o seu coração cairá no mal". (Provérbios 28.13,14) Que Deus te abençoe e te faça amadurecer.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS