quarta-feira, 30 de março de 2016

SATISFAÇÃO É TER A CRISTO!!!!


É assim que começa uma das músicas contemporâneas mais conhecidas no meio evangélico brasileiro. Dizem que ela foi composta como resposta a musica Satisfaction dos Rolling Stones (1962). Se a história procede, é uma boa resposta à música do grupo inglês. É uma resposta adequada! Satisfação (para a alma e coração humanos) é ter a Cristo, não há maior prazer já visto. Nada pode trazer a paz, a alegria, o regozijo, a esperança que Cristo traz quando vem habitar o coração humano.

Como analista da alma humana, como consultor e conselheiro, como Pastor de almas, eu percebo que às vezes cantamos hinos e cânticos espirituais sem nos atermos à letra. Decoramos as letras e, quando os instrumentos dão os primeiros acordes, começamos a declamar a letra sem nos darmos conta do que e o que estamos cantando.

A música Satisfação é Ter a Cristo, está em perfeita consonância com o que Jesus disse: “Vinde a mim todos que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”. (Mateus 11.28-30)

Não há nada nesse mundo que satisfaça você, a não ser a pessoa de Jesus. Nele você encontra a verdadeira riqueza que é estar feliz em qualquer circunstância na qual você se encontre (cf Filipenses 4.10-13). Nele você encontra a verdadeira amizade baseada no verdadeiro amor sacrificial (João 15.13). Nele você encontra a paz. Ele mesmo disse: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize”. (João 14.27) Nele você encontra a verdadeira alegria.

Você não precisa de mais nada e de mais ninguém. Só de Jesus! Se Jesus habitar teu coração então você terá tudo isso e muito mais, todavia se ele estiver do lado de fora do teu coração, você pode ter todos os tesouros do mundo e ainda será o mais pobre e carente de todos os homens. Em Jesus você encontra a cura que amizades, riquezas, patrimônio, viagens e antidepressivos não podem te dar. Olhe para a cruz, siga os passos de Jesus e viva de verdade, viva realmente!

quinta-feira, 24 de março de 2016

AOS BRASILEIROS QUE ME LEEM.

NÃO SOU PETISTA.

Não odeio petistas porque o ódio não pode existir onde Deus habita. Só não sou adepto da ideologia marxista de esquerda. 

Nenhum sistema humano e político pode invadir o foro íntimo de minha alma, coração e mente e impor sua cosmovisão. Eu sou, sociologicamente falando, um ser livre.

Nunca votei e jamais votarei no PT por conta de sua ideologia que eu entendo ser incompatível com a fé cristã reformada pela qual busco viver. Conheço a história da gênese do PT. Tenho 61 anos de idade. Estive por diversas vezes no Sindicato dos Metalúrgicos de SBC e vi, por inúmeras vezes, o senhor Luiz Inácio "Lula" da Silva. Vi os "exilados" de esquerda voltar do exterior a partir da anistia de 1985 e se unir a esse sindicato e juntos, aliados a um grupo de intelectuais de esquerda, deram a luz ao Partido dos Trabalhadores. A democracia propicia o nascimento e crescimento de várias ideologias de diversas tendências sociais e econômicas. A diversidade, associada à tolerância, é benfazeja.

Não quero discorrer sobre o tema - CORRUPÇÃO NO PT. O sistema político brasileiro propicia a prática da corrupção. A genética social brasileira é um terreno fértil para isso. Não conheço partido político no cenário brasileiro que não tenha se corrompido. Não podemos ser infantis e injustos; essa conversa de contribuição dos empresários e empreiteiros para as campanhas políticas é tão antiga quanto antiga é a política tupiniquim. E todas as siglas (desconheço quem não age assim), recebem dinheiro de empresários nas campanhas eleitorais.Por outro lado não sou injusto e tão desinformado em compreender que há, no governo do PT alguns avanços no âmbito social. Vejam, por exemplo o "Bolsa Família (que na verdade nasceu no governo do PSDB) e Minha Casa, Minha Vida", e ainda outros projetos sociais. Eles não são, na essência, ruins. São terapêuticos, mas o Brasil precisa de um programa que trabalhe profilaticamente. Esse programas causam dependência e não liberdade. O problema, não está no programa, mas sim no uso que se faz deles. Se eles existem para manter determinado grupo no poder, então há nisso um lamentável equívoco. Na Bíblia lemos as palavras de Jesus em Mateus 6.3: "Tu, porém, quando deres uma esmola ou ajuda, não deixes tua mão esquerda saber o que faz a direita". O amor deve ser a motivação maior para toda uma prática de assistencialismo e toda ação social que vise o bem do próximo. Não deve existir outra motivação senão desejar o bem do meu semelhante. Isso é cristianismo!!! Dar algo, esperando retribuição, na essência é uma troca e não uma doação.

O que eu quero deixar claro é que entendo que o PT cometeu alguns equívocos lamentáveis nesses anos no poder. O primeiro deles foi se apaixonar pelo poder. Se não havia ninguém no partido para ser eleito para a presidência, que se afastassem do processo eleitoral, e não cometer o desplante de colocar alguém mais inábil do que o que saiu. Quem foi que não percebeu o encaminhamento de Dilma para a cátedra da presidência? Quem foi que não testemunhou todo investimento e esforço para colocá-la nessa condição de tão relevante importância para o país como é a presidência?

O outro erro foi o orgulho, a arrogância de imaginar que ninguém mais tem condições de ler a sociedade brasileira e propor soluções para os seus problemas sociais e econômicos. Aliás, a vaidade é uma patologia que normalmente acomete governantes. Só houve um Messias e Ele não veio salvar seu povo do opróbrio social, mas sim da pobreza espiritual, primordialmente. O PT errou quando deixou de corrigir seus erros, por ausência total de humildade. Todos governos erram, tomam decisões equivocadas, mas o mais drástico é não reconhecer os erros porque se isso não ocorrer não haverá mudança de curso, não haverá transformação social. É necessário se fazer o "mea culpa", ser humilde, pedir perdão, retomar os rumos, convocar a nação para o diálogo. Sempre haverá oposição, mas o partido que está no governo não pode se fragilizar com tantas denúncias de improbidade administrativa. É preciso parar com a política "Robin Hood", ou seja, tirar dos mais ricos e dar aos mais pobres. Nada mais infantil do que isso!

O PT se equivocou! Presidir um país não é o mesmo que brincar de Banco Imobiliário. Para se presidir um país é preciso cosmovisão eclética e não uma visão reduzida à questão "empresário X trabalhador". Um país não é um sindicato. Um país é uma confluência complexa de tendências sociais e de anseios. Para se presidir uma nação é preciso conhecimento da história das nações e de sociologia. Para se presidir uma nação é preciso conhecer o básico em termos do Direito como disciplina, da sociologia como ciência. Para se presidir uma nação é preciso tino administrativo, espírito refinado e testado, de liderança. Com a mais absoluta certeza nenhum empresário que se preocupe com os rumos de sua empresa, contrataria Lula ou Dilma como consultores. Lamento dizer isso assim, mas essa é uma dura e triste constatação. Entretanto, muitos empresários ajudaram a financiar as campanhas de ambos para a presidência. E não é preciso muito esforço para saber o porque agiram e agem dessa maneira.

O PT se equivocou quando fez as cores do seu partido mais importantes do que o verde, amarelo, branco e azul anil. Essas são as cores do Brasil. Não o vermelho!!!! 

O Brasil não é o PT e o PT não é o Brasil. Poderia, usando os trejeitos das falas do Lula, dizer que "nunca houve na história desse país um partido que mais partiu o Brasil em dois: nós e o restante da nação". 

Não é preciso ser inteligente para entender porque sempre há partidos apoiando o governo. É o jeito de se fazer política. Um ministério aqui, outro ali. Sempre foi assim. Veja que o PMDB, por exemplo, apoiou o governo do PSDB também.

O PT não está acima do Brasil. Eu fico ouvindo os gritos de alguns petistas rotulando alguns dos seus oponentes de fascistas, mas é o fascismo que se caracteriza, dentre outras coisas, pelo exclusivismo. É o fascismo que não admite o contraditório. Veja você: o PT enquanto era partido da oposição fez tentativas de impeachment contra Itamar e FHC. Não eram golpe! Não vou ajuizar a questão. Nosso sistema permite essa abertura e parece que o PT se fez valer dela.  Mas hoje, a tentativa de impeachment intentada por um ex-petista, de não pouca importância no campo jurídico, e aparentemente bem fundamentada judicialmente, é golpe

Ora Itamar e FHC levaram seus governos até o fim. Devo deduzir que era golpe porque o Congresso Nacional não acolheu a demanda. Então, pela lógica, devo entender que o PT, que pleitou o impeachment de Itamar e FHC estavam querendo dar um golpe? Vejam só! Lá não era golpe, mas o intento não progrediu. O que aconteceu de errado lá? Eu, sinceramente, apesar de ver equívocos nas duas administrações, sei que foi tentativa de golpe. Muitos que se vestem de vermelho e vão às ruas hoje chamando os oponentes de fascistas, eram crianças naqueles dias. É hoje o PT chama o impeachment intentado de golpe!!!! É preciso ser muito sereno para se dormir com tanto barulho. 

Agora, se de fato não houve as propaladas pedaladas fiscais (parece-me que essa é a base do pedido de impeachment) que Dilma e seus economistas provem no "tribunal do impeachment" que é o Congresso Nacional. Ele irá sobreviver se for bem sucedida em sua defesa. 

É triste ver toda a nação envolvida nesse processo onde o que não faltam são acusações, ofensas, que promovem a insegurança e as incertezas sobre o futuro do país. Caramba! Parece que ninguém se preocupa com isso, com o futuro, com o que virá ser amanhã! Há quinze anos quando o PT se tornou poder havia um futuro e me parece que esse futuro é o caos moral, ético em que vivemos nas instituições no âmbito principalmente da política. 

A presidente Dilma deve ser serena, manter a calma e o prumo. Atitudes denotativas de quem não deve; porque quem não deve não teme. Se o que fundamenta o processo de impeachment não for provado como suficiente, então ela continuará na condição de Presidente. Para que tanta agitação? Por que Ciro Gomes fala que vai ás ruas e usará de violência se necessário for? Por que Lula incita o seu exército - MST - a ir às ruas. Vocês devem ter juristas competentes. Vençam no tribunal e calem o clamor das ruas.

Estou com um gosto amargo na boca. Meu sentimento quando olho para o quadro político brasileiro atual e de total decepção e orfandade. 

Decepção ao ver políticos que estão há anos politicando (Renan Calheiros, por exemplo), mas sem produzir algo que seja concreto nas mudanças dos rumos sociais do país. 

O que não nos falta são os aventureiros de gravatas, aqueles que se esqueceram do trabalho e se vestem garbosamente, vivem das mordomias e ficam à espreita para ver onde podem morder. 

Orfandade porque não vejo mentes sãs e honradas. O que vejo são truculentos, desbocados, debochados e aproveitadores de ambas as partes. Vejo na posição uma turma de gente mal preparada para o diálogo, sem humildade, que notoriamente mentem nos microfones quando discursam . Ou Dilma não mentiu ao sugerir que seu telefone estava grampeado quando na verdade era o telefone do seu interlocutor que estava. E o papel de vítima não lhe caiu bem porque, simplesmente, ela não é vítima. O povo brasileiro sim é vítima. 

Orfandade porque vejo na oposição alguns urubus esperando a carniça. São aqueles que espreitam e esperam cair o atual governo para se tornar poder e com isso morder a maior fatia que puderem. A maioria deles não me enganam. É só darmos uma breve analisada em suas biografias ou ver a lista que a Odebrechet disponibilizou sobre políticos que aceitaram, ou propinas, ou ajuda financeira para chegar ao poder. Veja a trajetória da maioria. Analise seu engajamento político e busque, principalmente por algo chamado coerência. Então você se sentira tão órfão quanto eu.

Estou à semelhança de Diógenes de Sinope que andava pelas ruas de Atenas, em plena luz do dia, com uma lanterna em suas mãos à busca de um homem honesto. Busco, eu, aqueles que não se corrompem e não se deixam corromper, mas creio que luz da lanterna está se apagando.

Como cristão coloco meus joelhos no chão e peço a Deus que me ajude a ser incorruptível, honesto e honrado. Talvez não seja lembrado, mas melhor morrer no ostracismo do que ser uma lamentável lembrança na mente dos meus compatriotas!

segunda-feira, 21 de março de 2016

RESPOSTA A GUILHERMINO CUNHA

Gulhermino Cunha:

Ponho-me a perguntar o que o levou a fazer o vídeo abaixo.




O irmão usou de um texto bíblico no qual Paulo faz referência a ele e parece que você comete o desplante de fazer uso para aplicar à Lula e Dilma. É isso mesmo?

Quando Paulo se referiu a "viver contente em qualquer situação" incluindo é óbvio, a humilhação; de que tipo de humilhação Paulo falava? Paulo era constantemente humilhado, principalmente pelos judeus já que ao apresentar Jesus como o Messias, por diversas vezes ele era quase que linchado, assim como foi Estevão, martírio do qual ele foi testemunha presencial e ocular. Não me parece haver paralelo entre Lula & Dilma e os casos de humilhação a que Paulo foi submetido. Faço você lembrar que quando o Apóstolo Pedro fala sobre sofrimento (1 Pedro 4.12-19) ele diz em um dado momento: "Se sois insultados por causa do nome de Cristo, bem-aventurados sois, porquanto sobre vós repousa o Espírito da glória, o Espírito de Deus. Mas nenhum de vós sofra como homicida, ladrão, praticante do mal, ou como quem se intromete em negócios alheios".  Sinceramente, Lula e Dilma não se encaixam  em sua hermenêutica.

O irmão cita o governo de Lula. Pré-Sal? Ora meu irmão, qualquer mandatário poderia descobrir o Pré-Sal. Não foi ele quem criou o Pré-Sal, e diga-se de passagem, o tal recurso está longe de ser explorado já que foi no governo dele e quando sua parceira Dilma era sua Ministra das Minas e Energias (muito importante esse ministério para quem jamais ocupou qualquer cargo administrativo público ou mesmo privado), aconteceu o lamentável episódio da negociação fraudulenta da Refinaria de Pasadena. Não temos recursos para explorar, para ir a fundo nisso. A Petrobrás está afundada. Veja as notícias de hoje (21.03.2016), meu prezado. Veja o rombo.

O Lula não chamou a atenção dos EUA para o Brasil. Ele aproveitou para viajar às custas do seu cargo. Levou um bocado de empresários para fazer negócios lá fora, e tenho a impressão que ele tem cobrado muito caro esse favor. Ele diz que ganhou muito dinheiro fazendo palestras: $200.000,00, nem mais nem menos, (por palestra) disse ele no depoimento à PF. Você acredita? Mas com certeza esse mar de corrupção, de atitudes ditatoriais, dessa administração desastrosa da Dilma com tantos envolvidos na operação Lava Jato certamente tem chamado a atenção do MUNDO meu caro. E como tem chamado. O Brasil se apequenou la fora. Perdemos ainda mais a credibilidade. Continuamos, meu caro, sendo o país da corrupção! Nesse quesito somos os primeiros e batemos muitos outros países do mundo que não possuem nem 1/10 dos recursos que temos nesse país continente, rico, bafejado pela sorte.

Ora chamar o brasileiro de mente curta é proferir um juízo do qual parece o senhor querer se isentar. Você Guilhermino Cunha, tem esse péssimo hábito de considerar seus opositores como pessoas que "não pensam, não raciocinam". Já fui sua vítima. Eu sei do que estou falando. E falando psicologicamente, o PT se valeu disso porque se o brasileiro tivesse boa memória, não teria permitido que uma terrorista chegasse à honrosa condição de Presidente do Brasil. E temos que reconhecer que a biografia de nossa presidente em muitos sentidos é para lá de pobre no quesito capacidade. Veja seus discursos. Ouça-a! Veja a presepada que ela aprontou com as famosas pedaladas fiscais. Ela é incapaz. Deveriam tê-la impedido de presidir o Brasil por falta absoluta de capacidade para tal. Em que empresa ela será consultora quando deixar a presidência? O mundo faz piada dos brasileiros.

Ora meu caro o que você cita não passa de obviedades da lei. Todo cidadão tem amplo direito de defesa? Sim, claro que tem, mas então não é necessário fazer arranjos maquiavélicos para ser tratado em fórum privilegiado. O senhor Lula é cidadão comum. Ele foi presidente. Não é mais. Deve respeitar a gradação de poderes. Dizer que ele prefere ser julgado no STF porque lá ele será até tratado com mais dureza é uma inverdade. Ele mesmo insinuou que o Procurador Geral da Nação lhe deve favor ao chamar Janot de ingrato. Meu caro senhor Guilhermino Cunha; o Brasil não é mais uma massa de ignorantes políticos como eu era na década de 60 e 70 quando vivíamos sob a ditadura e nem podíamos pensar em política.

Como é possível que o senhor um Pastor Jubilado, um homem com mais de setenta anos de idade tem a ousadia de julgar os procedimentos do poder judiciário federal? Reconheço sua formação no direito, mas o irmão não tem acesso aos autos. Ou tem? Não com certeza não tem. Se o que se diz sobre Lula e Dilma são inverdades, porque alguns que estão presos aceitaram o privilégio da Delação Premiada? Eu me manteria à distância meu caro. Falar sobre o que não conhecemos e só sabemos de ouvir falar pode nos levar a cometer equívocos. Guilhermino, o Lula não fugiu de Sergio Moro para ser julgado pelos onze ministros do STF. Ele se sente acima da lei. Ele é o cara! Como é possível me intimar? É assim que ele pensa. Então ele aceitou essa artimanha espúria tão bem esclarecida nas escutas justamente para fugir de ter que prestar depoimentos. Mas não duvido, Guilhermino Cunha, que ele até pensa que pode dobrar os Juízes do STF. Afinal de contas nós sabemos mesmo como alguns deles vão parar naquele última instância do judiciário, não é?

Você diz: "Põe um pouquinho de bom senso na cabeça". Ora pensar diferente é não ter bom senso? Isso é arrogância de tua parte. Dá a parecer que você é um exemplo de bom senso, e nós que vivemos sua Presidência no Supremo Concílio da IPB sabemos o quanto você anda longe disso!!!!!

Você disse que é desproporcional a atuação da imprensa. Mas meu caro: quem foi às manifestações do dia 13.03.2016 não foi a Rede Globo e nem a Imprensa, mas as famílias inteiras vestindo verde e amarelo, não vermelho. Verde, amarelo, azul e branco; essas são as cores do Brasil estampadas em nossa bandeira. Não o vermelho com a estrela do PT. No estado do Rio de Janeiro queimaram a Bandeira Nacional. Quanto patriotismo! Quanta brasilidade!

Você diz "não podemos deixar que seja feita uma injustiça com uma mulher (Dilma) porque essa é uma injustiça contra todas as mulheres". Onde já se viu um discurso tão divisionista como esse saindo da boca de um Pastor Jubilado da IPB. Isso é o que eu chamo de cortina de fumaça. "Injustiça"? Pelo amor de Deus Guilhermino; você acredita nisso mesmo? Injustiça sofrem as mulheres desse país nas filas dos hospitais; nas filas das escolas para fazer matrícula para seus filhos; na fila de aposentados e por aí vai. Mas a Dilma "injustiçada"? Você se perdeu Guilhermino Cunha. Nenhuma mulher digna terá estômago para concorrer à Presidência? caro Guilhermino, onde já se viu isso? Foi você mesmo que disse que o brasileiro tem memória curta!

Você fala de oração, humilhação, de conversão ao citar Crônicas. Você nunca parou para pensar que é possível que o que esteja acontecendo seja  fruto do clamor dos cristãos dessa nação? Pois, meu caro, mesmo nunca tendo votado no PT (por conhecer muito bem seu marxismo ateísta), e muitas outras coisa terríveis que sei e que não ousarei escrever, jamais deixei de orar pelo Lula e pela Dilma, recolher meus impostos, cumprir minha obrigações como cidadão (ser bom esposo, pai dedicado, Pastor zeloso do rebanho do Senhor). E mais; eu sempre levei as ovelhas colocadas sob meu comando à praticar o que lemos em I Timóteo 2.1-4.

Mas veja esse vídeo abaixo. Veja o humilhado! Veja a vítima.


Caro Guilhermino Cunha, a única vítima inocente foi Cristo e se ele vivesse hoje entre nós, o PT com Lula e Dilma iriam crucificá-lo, assim como fizeram os religiosos daqueles dias. Por que? Leia o Sermão do Monte e aplique ao PT. São totalmente antagônicos. E você Ministro Jubilado da IPB deveria saber e ensinar isso, não o contrário. Ora, Jesus ensinava como alguém que tinha autoridade, não como os escribas. Ele falava o que vivia. Ele vivia seus discursos. Ele encarnava a mensagem que pregava. Jamais prometeu sem cumprir. Ele disse que ressuscitaria, E RESSUSCITOU. Aleluia! E interessante: Diferente de Lula e do PT Ele não fazia discurso populista, pelo contrário Ele pregava a verdade, pois quem vive a mentira constrói castelos sobre a areia e então qualquer tempestade é suficiente para sua total destruição.

Lamento seu vídeo. Seria mais sábio o silêncio.

CARTA ABERTA AO SENHOR LUIZ INÁCIO "LULA" DA SILVA

Transcrevo aqui, na íntegra, esse documento disponibilizado no Facebook e sobre o qual recebi autorização para divulgar em meu Blog. Acrescento que se Lula fosse mesmo uma pessoa sã, ele se ausentaria em definitivo do cenário político nacional depois de pedir perdão ao povo brasileiro. Sua insistência em permanecer na política, a sua arrogância em ficar louvando a si mesmo num ato de vanglória que lembra os piores imperadores romanos e os mais terríveis ditadores da história irá apagar todo traço daquilo que poderia ser considerado bom em seu governo. 

Rev. Alceu Davi Cunha é um Pastor respeitado, não apenas por suas ovelhas, mas pelos Pastores. Sua trajetória de vida é fincada pela sua coerência. Ele pratica o que crê. Seus discursos são vistos em sua vida. Homem que luta contra uma dura e difícil enfermidade, mas que, sob os cuidados do Deus em que crê tem sido uma inspiração para mim e tantos outros. Lembro-me de estar sentado em uma cadeira do Mackenzie como aluno de Pedagogia quando recebi a informação que sua família havia sido chamada à São Paulo, pois certamente Alceu estava de partida para as Mansões Eternas. Devia ser o ano de 1993. Toda classe, composta em sua grande maioria por Pastores Presbiterianos, fez um silêncio que denotou o respeito e o carinho que temos por ele. Eu abaixei minha cabeça e chorei. Chorei pelo meu irmão, pelo Pastor e por meu Professor de Seminário. Dei-me conta do quanto eu o amava. Parece que o amor às vezes é como a semente no deserto da Namíbia. Por seis meses fica sob a fina camada de terra e nas primeiras chuvas morrem, germinam e transformam o deserto em um lindo jardim. Assim foi meu amor pelo meu Professor. Ele veio a lume, apareceu e caiu no chão em forma de lágrimas. 

Agradeço a Deus o fato de que ele não se foi. Ele permanece conosco e vez por outra posso vê-lo, posso ouvi-lo e me encantar com sua forma de viver e vencer. 

Alceu sempre sóbrio e ponderado escreveu essa Carta Aberta ao Lula. Com enorme probabilidade Lula não irá ler, mas se pela Providência Divina ele a ler, eu diria a ele: - Lula, considere o que Alceu escreveu e se possível visite-o e lhe peça conselhos. Afinal de contas vocês moram bem pertinho um do outro.

Mauro Sergio Aiello
Pastor  Reformado de Tradição Presbiteriana

Carta aberta a Lula

Lula, em seu pronunciamento mais recente, bastante inflamado, anotei uma das suas expressões, que entendi ser merecedora de uma análise; é o que farei, modestamente. A expressão referida é: "A partir de agora, se eu for preso, sou herói. Se me matarem, sou mártir. Se me deixarem solto, sou presidente".

O tom daquele discurso me pareceu igual ao que você pronunciou quando Presidente de Sindicato em São Bernardo do Campo. Sua palavra arrebatava plateias e produzia aplausos daqueles trabalhadores inconformados do ABC. Nesse atual discurso você bem reviveu aqueles dias em que sua liderança sindical, era inquestionável. Com todo aquele entusiasmo e auto-confiança com que falou, acredito que você está tomando o Brasil, hoje, como se fosse um mero sindicato. Esquece-se que São Paulo, em que você nunca teve maioria em eleições, não é São Bernardo do Campo, e o Brasil, longe de ser um sindicato, é uma portentosa Nação formada por mulheres e homens inteligentes e também por gente simples, mas, com discernimento, que um dia, provavelmente, lhe admirou. 
  
Agora, vem o comentário:

"Se eu for preso, sou herói". Lula, o título de herói que um prisioneiro pode receber, é quando a sua prisão tem por motivo a defesa de ideais de liberdade e honradez para um povo que vive sob governos ditatoriais, que sufocam e prendem a todos os que lhe são contrários. Cuba e, agora, Venezuela são bons exemplo de governos assim. Ainda mais, Lula, um prisioneiro herói, é quando sua prisão se dá de maneira injusta, violentando a sua inocência, quando sua única arma é a palavra, não em defesa própria, mas, sim, em defesa daqueles que não podem falar. Não creio meu caro Lula, que você se enquadre em qualquer uma destas duas premissas, O seu ideal não me parece nobre, nem o do seu partido. O Brasil vê estarrecido os caminhos nublados turvos que o PT, sob seu comando, tem percorrido para manutenção do poder. Por outro lado, quando se observa a sua situação econômica e o seu patrimônio antes de ser o alto mandatário da Nação, agora, nos espanta, o luxo que lhe rodeia, favorecido por apartamento luxuoso em três níveis (de amigos?), num dos recantos mais caros do litoral paulista. Como também, um sítio paradisíaco, cujo investimento absurdo o torna local para ser usado, apenas, por magnatas e marajás. Creio, Lula, que você, hoje, faz parte da mais alta elite brasileira, a qual sempre foi alvo de suas críticas.

"Se me matarem, serei mártir". Quanto a isso, Lula, pode dormir tranquilo. Seus adversários e a grande massa de brasileiros que se tem revelado contra suas ações e influência, são pessoas de bem, pais de família, cidadãos comuns que apenas anseiam por um Brasil melhor, uma pátria mais humana onde haja, efetivamente, no sentido prático, aquele indicador de nossa bandeira: "Ordem e Progresso". O grupo aguerrido, muitas vezes armado, acostumado a "quebra-quebra" e invasões de propriedades alheias e até a laboratório de pesquisas - esse grupo, juntamente, com outros grupos sociais do mesmo naipe, são os que lhe dão apoio, revelando sempre espírito belicoso e revolucionário.

"Se me deixarem solto, sou Presidente". É possível, Lula. Em um pais onde a inclinação de muitos é para o discurso demagógico, e onde, ainda, é tradição a venda de votos por um par de sandálias, e, modernamente, por assistência imediatista de bolsas famílias, minha casa minha vida (nada contra o plano em si, mas, contra o que ele propicia - manipulação), então, isto pode acontecer. 

Mas eu creio, Lula, que Deus, que é o Rei das Nações, e que, se lhe aprouver salvar o Brasil de um governo, cujo programa materialista quer aniquilar valores sociais e bíblicos ligados à família, à fé, e, até certo ponto, à moral, imagino, você não será outra vez nosso presidente. A não ser que haja em sua vida uma reviravolta, a que chamamos de conversão (milagre de Deus), mudando a sua cosmovisão e vida como aconteceu com Saulo na estrada de Damasco, quando sofreu uma radical transformação ao se encontrar com Cristo. Depois disto, até o seu nome foi mudado de Saulo para Paulo.

Felicidades, Lula e que o SENHOR, o ilumine.

ADC
Alceu Davi Cunha
Pastor Reformado de Tradição Presbiteriana.


sábado, 19 de março de 2016

CASTELOS DE AREIA


Não se constrói um país com discurso populista. Multidão não tem razão, não raciocina. Os mesmos que aplaudem irão, em razão de segundos, vaiar. Os mesmos que elegem, irão perseguir. A multidão tem uma psiquê própria. Não se constrói um país iludindo as massas. A multidão não sabe o que quer.

Não se constrói um país criticando as elites e depois fazendo parte dela sem coragem para admitir. Marilena Chauí criticou a classe média. E por algum acaso a classe baixa é boa? E a classe alta (elite), é? Não existe, nessa questão de classe, uma classe ideal e nem tampouco se irá obter êxito em transformar todas as classes em uma só. Isso é de uma loucura, de uma insanidade, de uma sandice, ímpar. Por outro lado muitos que criticam as elites, o fazem por inveja pura. Muitos ricos chegaram lá como fruto da produção, do trabalho, enquanto alguns políticos enricaram às custas do dinheiro público. A questão não é a elite, mas sim como negociar, como laborar na busca de uma melhora da distribuição da renda, dos recursos que serão alocados para educação, saúde, que irão melhorar as condições de todos na busca de um melhor espaço no mercado de trabalho. Parece-me injusto alguns que estão aí criticando as elites e ao mesmo tempo tornando-se sindicalista para fugir do "trampo" e obter estabilidade. Não se constrói um país com essa mentalidade patológica.

Não se constrói um país com ideologia marxista, porque já está provado pela história que essa ideologia não funciona, vide a China, país comunista com economia capitalista. 

Não se constrói um país mentindo para o povo. 

Não se constrói um país sem conhecimento da história, da filosofia, da sociologia, administração e direito. 

Quem pretende ser governante sem ter o mínimo de conhecimento nessas áreas, vai se tornar refém dos que conhecem. 

Não se constrói um país subjugado pela mídia. Aqueles que hoje criticam a mídia, dela fizeram uso e a ela acenderam suas velas quando pretenderam chegar no poder. A mesma Rede Globo hoje atacada foi aliada no impeachment do Collor. Interessante é ver que hoje o Collor apoia os mesmos que se aliaram à Globo para tirá-lo do poder. Não se constrói um país com joguinhos de conveniência para se manter no poder.

Não se constrói um país onde o discurso jamais se torna em ato concreto. Nosso país tem um péssimo habito de não cobrar os candidatos eleitos quanto às promessas feitas em campanhas para a eleição. Um certo candidato disse a mim, quando eu o questionei sobre as promessa feitas na campanha alegando que ele não poderia cumprir simplesmente porque tal atitude estaria longe de sua competência política, que se ele não prometesse ele não seria eleito. Não se constrói um país com mentiras deslavadas.

Não se constrói um país olhando para baixo. Tolice imaginar que a solução é e está no homem. A história tem dado mostras cabais dessa falência. 

Não se constrói uma casa sobre a areia. A menor tempestade a colocará no chão. Eu já vi isso acontecer. E você? 

Para construir uma nação digna, onde a justiça é o alicerce da paz, é preciso ter fé em Deus, amar a Deus sobre todas as coisas, porque somente assim o próximo ama o próximo e faz algo por ele sem ter que ser obrigado por lei. Para se construir uma nação digna é preciso olhar para a Escritura Sagrada e fazer dela nosso manual para a vida. 

Para se construir uma nação digna é preciso ter o temor do Senhor, pois é esse temor o princípio da sabedoria. Os loucos desprezam tudo isso.

sexta-feira, 18 de março de 2016

QUANDO SERÁ QUE SEMPRE SE TORNARÁ NUNCA MAIS? QUANDO?

Não quero ser pessimista, mas realista. Não tenho, e nunca tive, a menor sombra de dúvida que essa turma que está no poder, principalmente o PT, não têm condições que continuar comandando o país. 

Não quero falar sobre corrupção pelo simples fato de que isso faz parte da realidade política desse país independentemente do colorido partidário. A questão com o PT é que eles fizeram o discurso de que iriam limpar o pais, e pelo que parece limparam os cofres, por exemplo, da Petrobrás e etc....

Mas, como disse, nessa questão de corrupção, no Brasil, não tem santo. 

Minha questão contra o PT é ideológica e também porque tanto Lula quanto Dilma, não têm condições (não estou falando de moralidade e sim de capacidade) de gerir uma nação. Isso só os mais fanáticos vão discordar. Como é possível que um Presidente (Lula e Dilma) simplesmente diga que não sabia de nada em situações nas quais bilhões enriqueceram outros governos enquanto empobrecia o Brasil. Caramba! Eu li as 109 páginas do depoimento do suspeito Lula e o que mais se lê lá é: - Não sei, ou, não lembro, ou, pergunto ao Paulo Okamoto. Para quem alegou se sentir traído pelo José Dirceu soa mesmo uma total falta de capacidade para julgar o caráter de quem ele guindou ao cargo de Chefe da Casa Civil. Não nos esqueçamos que Delcídio do Amaral era líder do Governo no Senado!!!!! Veja a presepada da Dilma na questão da nomeação do Lula como Ministro Chefe da Casa Civil. Isso lá é coisa de quem tem capacidade para gerir um país. O nome que eu dou para isso é - Falta Total de Vergonha e Escrúpulo.

Lembro-me quando o PT nasceu no útero do sindicato dos metalúrgicos de São Bernardo do Campo. Sim, eu me lembro! Nunca fui simpatizante do PT, porque, como já disse em outras ocasiões e outros escritos, tenho uma cosmovisão oposta a deles. Eu sou teísta, e o PT é ateísta marxista. Não tentem me dizer que isso não é verdade porque se você se sentar ao meu lado eu te conto histórias de petistas que hoje estão no governo e que ficavam indo de universidade em universidade disseminando a doutrina marxista da luta em prol da igualdade de classes. Posso até citar alguns desses "evangelistas". E A MAIORIA MASSACRANTE É ATEU.
Mas eu confesso, de coração, que eu esperava que se o PT chegasse ao poder acontecesse o que eles prometeram - probidade administrativa, liberdade de expressão, melhor distribuição de renda, economia ajustada, melhor educação, saúde, segurança e por aí vai. Quem não torce para que vivamos um país com essas boas coisas? Creio que todos nós queremos isso.

Fico imensamente triste e decepcionado porque nosso país tem todas as condições de ser uma das maiores economias do planeta. 

Pais com um povo pacífico e ordeiro. 

País com uma variedade de solo que propicia a produção agrícola eclética. 

País que tem autonomia quando se trata do petróleo. Pais que tem uma costa extraordinária e rica. 

País que tem a Amazônia com suas riquezas. 

País que tem climas variados. 

Pais com uma população, descendentes de imigrantes de quase todas as nações do mundo. 

País com bons vizinhos. 

Mas aqui, nessa jardim, temos ervas daninhas e elas são personificadas pelo pior tipo de político que o Brasil pode produzir. 

Como é possível associar Dilma com Maluf, com Collor, com Lula? 

Somente os interesses escusos e espúrios justificaria tal associação!

Agora, raciocine comigo: Quem é que pode assumir esse país e instituir a ordem nesse caos? Quem poderá, mesmo, limpar essa lama de podridão? Quem poderá mesmo desinfetar o ambiente e eliminar o mau cheiro que invade a atmosfera nesse continente? O Congresso Nacional? O Senado? O STF? A Direita? A Esquerda? Os Centristas? Quem? 

Quanta tristeza!

Pela primeira vez eu verdadeiramente chorei ao pensar a esse respeito. Eu me sinto órfão. 

Quem disse: "Infeliz é a nação que precisa de heróis" creio que não viveu o que nós brasileiros vivemos hoje. Sergio Moro pode arrumar a casa? Duvido, senhores. Duvido! Ele que tome cuidado e muito cuidado. Martin Luther King provou do veneno saído dos lábios dos radicias. Abraham Lincoln igualmente. Mahtma Ganghi o mesmo. 

Poderíamos usar as palavras do seriado Chapolin - "E agora, quem irá nos defender". 

Creio que aqueles que amam esse país, independentemente do partido dos quais são correligionários e simpatizantes devem estar vivendo lá no fundo da alma a mesma sensação de insegurança e tristeza que eu experimento. 

Creio que você é meu amigo nesse túnel e andamos na esperança de vermos luz esperando que a mesma não seja uma locomotiva vindo em nosso sentido. Afinal de contas, sempre foi assim. Sempre. Quando será que o sempre se tornará, de verdade, NUNCA MAIS?

A TORRE DE BABEL NA BÍBLIA E A POLÍTICA BRASILEIRA

Quem é que tem prazer em viver no Brasil em um momento de tão grande insegurança como vivemos hoje? 

Quem é que tem prazer em ir ao Supermercado, à Farmácia, ao Shopping, Postos de Gasolina, etc? 

Quem é que tem prazer em ligar a televisão e ver pessoas se agredindo física e verbalmente por causa de posicionamentos políticos? 

Quem gosta de ver a Paulista tomada e impedindo o trânsito tão importante que por ali circula? 

Quem é que tem prazer em ver o mundo jurídico em polvorosa acolhendo e caçando liminares contra a posse de um Ministro empossado? 

Quem é que se sente seguro em circular nos lugares em que acontecem as manifestações? 

Creio que uma pessoa em são juízo e que é pela paz, não se sente bem e nem tem prazer em viver essas circunstâncias. 

A questão toda é que infelizmente este é o resultado lógico de um governo (nem vou falar de corrupção) incompetente, incapaz, inábil em todos os aspectos, comprometido com a permanência no poder custe o que custar. Esse governo é o responsável pelo atual status quo. Ele não teve nem a capacidade e nem a habilidade política, logo depois de ter ganho as eleições, de aglutinar, de fazer acordos, fazer alianças, de tentar conquistar pelo menos parte da oposição, pelo contrário O ORGULHO, A ARROGÂNCIA FORAM TÃO GRANDES, MAS TÃO GRANDES QUE NINGUÉM MAIS SUPORTA TANTA DESFAÇATEZ E INCOMPETÊNCIA. 

Essa da Sra. Dilma nomear o Lula, me perdoem, vocês que me leem, foi de uma inabilidade, de uma estupidez jurídica, administrativa, psicológica, moral e ética, de uma enormidade difícil de se mensurar. Os militares estão se mantendo à parte e creio que estão dando um voto de confiança na sociedade civil para poder retomar o rumo do equilíbrio, da paz, da ordem e da segurança. Mas o país não pode continuar vivendo um momento como esse em que estamos. O país, mesmo sem greve, está parado. A economia está parada!!!!! Tudo está no compasso de espera. Não vejo saída para esse governo. Ele não tem mais credibilidade. Seus apoiadores e aliados estão batendo em retirada. O último a sair apague a luz, por favor! E peçamos a Deus que aqueles que assumirem tenham juízo, moral, ética, o temor de Deus, patriotismo e entendam que não é quanto temos em nossos bolsos que faz a diferença. O que faz a diferença é gente de caráter e é mesmo isso que está faltando ao político brasileiros. 

Precisamos execrar o corrupto e corruptor, aquele esquerdopata que não percebe que comunismo é um sistema falido e que o Brasil precisa parar de copiar sistemas. É preciso criar um governo para nossa realidade. 

Não podemos nos deixar iludir por aquele que usa cocaína, arregala os olhos, tem um discurso bem engendrado verbalmente enquanto faz oposição como um menininho magoado de quem se tirou o pirulito e que nem está aí para todas essa balbúrdia porque se a coisa apertar ele vai reunir seus milhões e morar em algum paraíso fiscal por aí. 

Não podemos mais ser alvo de achincalhamento internacional desde o que se publica em países do primeiro mundo até a fala do imbecil do Evo Morales dando a entender que se "a companheira Dilma for afastada ele irá agir". Querem coisa mais absurda e estúpida do que essa? A política brasileira é tão complexa, tão confusa que hoje encontramos Maluf apoiando Dilma e Lula. 

Não é possível mais vivermos esse status quo. A política brasileira é uma verdadeira Babel, não só porque cada um fala a sua própria língua, mas porque na exata medida do que aconteceu na Babel retratada em Gênesis 11, o político brasileiro é poço de arrogância e de soberba.

quarta-feira, 16 de março de 2016

O DEPOIMENTO DO EX-PRESIDENTE LUIZ INÁCIO "LULA" DA SILVA

O DEPOIMENTO DO LULA.

Há governos, pelo mundo afora, que chegaram ao poder fazendo um discurso populista contra a pobreza. Isso aconteceu recentemente no Brasil. E foi, em minha opinião, o canto da sereia, uma forma sutil de sedução.

A história da revolução russa acontecida em 1917 é um exemplo disso, salvaguardando as devidas proporções.

O povo, cansado da luxúria dos czares, se deixou iludir pelas ideias revolucionistas que afirmavam que o proletariado deveria ser o governo. Era o desejo de se tirar a elite do poder e colocar o povo, aquele que produz, aquele que faz a roda girar, no comando.

Parece ter sido um clássico exemplo de que houve acerto no diagnóstico, mas um lamentável equívoco na terapia. Não podemos negar os lamentáveis abusos daqueles que estavam no poder na Rússia naqueles dias.

Saiu, então, o regime czarista do poder, para entrar o regime comunista. Todavia o povo continuou à margem.

Josef Stalin foi um líder desse movimento de 1922 a 1953. Os registros históricos do governo russo a partir de então apontam para: orgulho, ditadura, absolutismo, despotismo, violência, perseguição à religião fazendo do partido a única religião e do líder do governo um deus a ser adorado, (culto à personalidade). Olhe, por exemplo, para o caso da Coréia do Norte hoje. É a mesma sandice, a mesma obscuridade, a mesma tolice que levou o Senado Romano a conferir aos Imperadores o status de divindade. Stalin, Lenin, Fidel, Chaves, os líderes norte coreanos, Mao Tse Tung, e tantos outros, por exemplo, chegaram ao poder e foram considerados deuses intocáveis.  

Ao ler, detidamente, o depoimento do Sr. Luiz Inácio "Lula" da Silva, percebi, de forma clara, essas tendências.

As respostas são de alguém que se julga acima da lei. O uso excessivo do pronome pessoal do caso reto na primeira pessoa - "eu. “Eu fiz, eu fui, eu sou, eu estive, eu era chamado, eu fazia palestras que custavam $200.000,00, nem mais nem menos...e por aí vai. Tudo denotando um orgulho, uma jactância, uma soberba, irritantes e doentias.

O pronome possessivo na primeira pessoa do singular - "meu". Com exceção de quando se tratou do sítio de Atibaia, do Triplex de Luxo no Guarujá. Quando chegou a esse ponto do depoimento ele foi “humilde” em responder: - Pergunte aos proprietários, aos verdadeiros donos. Não são meus. 

A opulência, a arrogância, o desrespeito à instituição (MP), a falta de clareza sendo evidenciada pelos constantes - "não sei", "não me lembro", a nítida e inequívoca ideia de que o ilícito foi praticado de forma que o mesmo não pode ser provado (a compra de um bem em nome de outrem, mas que na essência lhe pertence e não ao outro em cujo nome está a Escritura), a lavagem de dinheiro evidente, travestida de "palestras dadas", (quem é que pode e tem estômago para ouvir discursos desse senhor seja em que contexto for),  a covardia em se transferir para um outro (um laranja no caso o Sr. Paulo Okamoto) etc....

Sinceramente.....ler o depoimento desse senhor tornou mais evidente a verdade anunciada pelo ditado popular: "Para quem não sabe para onde ir, qualquer lugar serve".

Um país onde a grande maioria está perdida no mar de ignorância política, qualquer vendedor de pipas pode chegar a se tornar chefe de estado. Triste, mas verdadeiro. Mas enquanto se navega sem saber em que porto chegar, eis que vem a tempestade e leva o navio ao naufrágio.

É isso que é o Brasil hoje; uma grande embarcação perdida, sem rumo, sem porto onde chegar e cujo leme está em mãos de pessoas que sequer sabem ler uma bússola.

Infelizmente o Sr. Lula passará para a história dessa nação como um mandatário que não sabia de nada, mas que ganhou riso de dinheiro fazendo palestras pelo mundo afora.

Durma-se com um barulho desse.

quarta-feira, 9 de março de 2016

AS MULHERES DA MINHA VIDA

Talvez elas não saibam, mas eu as amo, a cada uma, de uma forma simples e distinta. São, cada uma delas, especial ao seu próprio jeito. 



segunda-feira, 7 de março de 2016

UM RECADO AOS NOSSOS GOVERNANTES


SR. LULA, PT E SRA. DILMA..........



Presidir uma nação não é o mesmo que brincar de banco imobiliário. 

Presidir uma nação (principalmente do tamanho do Brasil e com suas características) exige experiência administrativa, discernimento político nacional e internacional, sabedoria em determinar prioridades, coragem para lutar em prol da igualdade e da isonomia, consciência de que o poder deve ser usado para o bem e não em benefício próprio, humildade para fazer da democracia algo prático e não um discurso populista, compromisso inadiável com a verdade, simplicidade no uso dos recursos econômicos locados pelo orçamento para fazer a roda girar (em vez de ter que dar pedaladas fiscais e mudar a lei para não serem punidos por má administração dos recursos econômicos orçados), jogo de cintura para saber negociar com as elites tanto econômica quanto intelectual (elas sempre existirão), ponderação de que a pobreza só pode ser erradicada com o trabalho e não com o assistencialismo tipo "bolsa disso, bolsa daquilo", percepção e habilidade para trabalhar questões que exigem tratamento terapêutico urgente e previsibilidade para criar mecanismos profiláticos, conhecimento suficiente da história da humanidade e dos movimentos políticos levando em consideração que copiar nem sempre é a melhor iniciativa, mas adaptar sistemas de acordo com as características de cada nação a partir de sua origem e emancipação. 

Mas creio que tanto você Lula, quanto a sua alma gêmea, Dilma, não entendem meu linguajar. 

Por isso o Brasil está naufragando em águas rasas.

Inglória sua tentativa e a de todos os petistas em lançar uma cortina de fumaça para impedir que tenhamos uma visibilidade clara das atrocidades dos mais de 12 anos de desgoverno do PT. A questão não é só a falta total de competência para gerir uma nação. O problema maior é o caldo de corrupção que esse partido (que já é um exército pronto para a guerra), permitiu se instalasse no Brasil. As futuras gerações irão julgar essa nossa geração e se perguntarem como foi possível, teremos duas opções. 

(1) Nos calar

ou 

(2) Pedir perdão.

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS