quarta-feira, 16 de março de 2016

O DEPOIMENTO DO EX-PRESIDENTE LUIZ INÁCIO "LULA" DA SILVA

O DEPOIMENTO DO LULA.

Há governos, pelo mundo afora, que chegaram ao poder fazendo um discurso populista contra a pobreza. Isso aconteceu recentemente no Brasil. E foi, em minha opinião, o canto da sereia, uma forma sutil de sedução.

A história da revolução russa acontecida em 1917 é um exemplo disso, salvaguardando as devidas proporções.

O povo, cansado da luxúria dos czares, se deixou iludir pelas ideias revolucionistas que afirmavam que o proletariado deveria ser o governo. Era o desejo de se tirar a elite do poder e colocar o povo, aquele que produz, aquele que faz a roda girar, no comando.

Parece ter sido um clássico exemplo de que houve acerto no diagnóstico, mas um lamentável equívoco na terapia. Não podemos negar os lamentáveis abusos daqueles que estavam no poder na Rússia naqueles dias.

Saiu, então, o regime czarista do poder, para entrar o regime comunista. Todavia o povo continuou à margem.

Josef Stalin foi um líder desse movimento de 1922 a 1953. Os registros históricos do governo russo a partir de então apontam para: orgulho, ditadura, absolutismo, despotismo, violência, perseguição à religião fazendo do partido a única religião e do líder do governo um deus a ser adorado, (culto à personalidade). Olhe, por exemplo, para o caso da Coréia do Norte hoje. É a mesma sandice, a mesma obscuridade, a mesma tolice que levou o Senado Romano a conferir aos Imperadores o status de divindade. Stalin, Lenin, Fidel, Chaves, os líderes norte coreanos, Mao Tse Tung, e tantos outros, por exemplo, chegaram ao poder e foram considerados deuses intocáveis.  

Ao ler, detidamente, o depoimento do Sr. Luiz Inácio "Lula" da Silva, percebi, de forma clara, essas tendências.

As respostas são de alguém que se julga acima da lei. O uso excessivo do pronome pessoal do caso reto na primeira pessoa - "eu. “Eu fiz, eu fui, eu sou, eu estive, eu era chamado, eu fazia palestras que custavam $200.000,00, nem mais nem menos...e por aí vai. Tudo denotando um orgulho, uma jactância, uma soberba, irritantes e doentias.

O pronome possessivo na primeira pessoa do singular - "meu". Com exceção de quando se tratou do sítio de Atibaia, do Triplex de Luxo no Guarujá. Quando chegou a esse ponto do depoimento ele foi “humilde” em responder: - Pergunte aos proprietários, aos verdadeiros donos. Não são meus. 

A opulência, a arrogância, o desrespeito à instituição (MP), a falta de clareza sendo evidenciada pelos constantes - "não sei", "não me lembro", a nítida e inequívoca ideia de que o ilícito foi praticado de forma que o mesmo não pode ser provado (a compra de um bem em nome de outrem, mas que na essência lhe pertence e não ao outro em cujo nome está a Escritura), a lavagem de dinheiro evidente, travestida de "palestras dadas", (quem é que pode e tem estômago para ouvir discursos desse senhor seja em que contexto for),  a covardia em se transferir para um outro (um laranja no caso o Sr. Paulo Okamoto) etc....

Sinceramente.....ler o depoimento desse senhor tornou mais evidente a verdade anunciada pelo ditado popular: "Para quem não sabe para onde ir, qualquer lugar serve".

Um país onde a grande maioria está perdida no mar de ignorância política, qualquer vendedor de pipas pode chegar a se tornar chefe de estado. Triste, mas verdadeiro. Mas enquanto se navega sem saber em que porto chegar, eis que vem a tempestade e leva o navio ao naufrágio.

É isso que é o Brasil hoje; uma grande embarcação perdida, sem rumo, sem porto onde chegar e cujo leme está em mãos de pessoas que sequer sabem ler uma bússola.

Infelizmente o Sr. Lula passará para a história dessa nação como um mandatário que não sabia de nada, mas que ganhou riso de dinheiro fazendo palestras pelo mundo afora.

Durma-se com um barulho desse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS