domingo, 18 de setembro de 2016

A BENÇÃO QUE JUDAS PERDEU

A BENÇÃO QUE JUDAS PERDEU  Mateus 13.20-28

“Não sejamos como Judas que chegou tão perto e foi para tão longe”. Rev. Mauro Sergio Aiello



Durante grande parte do seu ministério terreno, Jesus teve ao seu lado Judas Iscariotes ( Ish Kerioth –homem de Kerioth, cidade ao sul de Judá)). Foi Jesus mesmo que o escolheu (João 6.70). Fico imaginando quantos sermões de Jesus Judas não deve ter ouvido, quantas parábolas, quantos discursos. Certamente você, como eu, querido leitor, faria muito gosto em estar na audiência de Jesus quando desses pronunciamentos. Judas também foi testemunha dos milagres variados e diversos que Jesus realizou. Imagine, você ali ao lado de Jesus vendo, por exemplo, Lázaro saindo do túmulo, todo enfaixado, depois de estar sob o domínio da morte por quatro dias. E o que dizer dos cegos que passaram a ver, dos paralíticos que começaram a andar, dos surdos que passaram a ouvir e assim por diante?

Se isto não bastasse, Judas também presenciou o poder de Jesus sobre os demônios. Há alguns anos (1973) Hollywood lançou um filme estrelado por Linda Blair e dirigido por William Friedkin intitulado “O Exorcista”. Eu mesmo fiquei na fila por algumas horas esperando minha vez de entrar no cinema para assisti-lo e confesso que fiquei, diversas vezes, arrepiado com as cenas e efeitos especiais. Calcule você se fosse filmado hoje, com os efeitos especiais tão avançados e ainda se fosse dirigido pelo notável Steven Spielberg. Todavia, devemos frisar que aquilo que o cinema tentou mimetizar Judas viu ao vivo e presenciou o poder de Cristo sobre os demônios.

Mas se isso ainda não é suficiente, devemos frisar que Judas também viu o poder de Jesus sobre as forças da natureza. O leitor deve estar lembrado daquele momento no qual Jesus repreendeu o mar da Galiléia, o vento e a tempestade. E o que dizer da multiplicação dos pães e dos peixes? Judas viu tudo, presenciou tudo. Assim como o povo de Israel no deserto, Judas também foi testemunha, ao vivo e ocular, de milagres sem igual, do poder de Deus.

Entretanto a ganância, o amor ao dinheiro que é a raiz de todos os males foram os responsáveis por Judas ter perdido a maior de todas as bênçãos, o maior de todos os milagres e a maior demonstração do poder de Deus que provaram definitivamente a messianidade de Jesus de Nazaré. Refiro-me à sua ressurreição.

Judas nem sequer teve a oportunidade da dúvida que Tomé experimentou. Judas nem sequer ouviu rumores e tampouco pode ver o túmulo vazio ainda que escondido entre as árvores. Judas sequer pode ver o Cristo ressurreto de longe. Muitos escribas e fariseus convertidos ainda viram o sinal de Jonas (Mateus 12.38-40); mas nem isso Judas pode ver. Ele já havia tirado sua vida, suicidado, covarde e humilhantemente. Judas perdeu a benção de ver Jesus ressuscitado.

Prezado leitor: hoje comemoramos, como cristãos que somos, a ressurreição de Jesus. O cristão não comemora a Páscoa. A Páscoa é propriamente dito, uma festa judaica, faz parte do judaísmo. Os judeus ainda comem o cordeiro sem defeito, sem mancha, as ervas amargas, o pão asmo. Nós os cristãos comemoramos a ressurreição de Jesus, nosso cordeiro pascal, perfeito Deus/Homem, aquele que venceu a morte.

A Bíblia, afirma, entretanto, implicitamente, que Judas verá o Cristo ressurreto. Será no dia da ressurreição geral. Alguns como Judas, serão desprezados pelo Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Estes são aqueles que o negaram em vida. Outros, ou seja, aqueles que creram e deixaram tudo por Cristo, receberão a maior de todas as bênçãos que é contemplar o rosto de seu amado redentor e com Ele habitar na eternidade.

E você prezado leitor, em que condição contemplará o Rei dos reis, o Senhor dos senhores, naquele dia? Espero que o faça na condição de nova criatura e assim habitar na eternidade ao lado de Cristo, nossa Estrela da Manhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS