terça-feira, 27 de setembro de 2016

A OBEDIÊNCIA

A OBEDIÊNCIA    (João 14.21)
“Crer e observar, tudo quanto ordenar. O fiel obedece ao que Cristo mandar”. Trecho de um hino conhecido.


               Certo jovem costumava banhar-se em um rio próximo de sua fazenda. O rio tinha uma forte correnteza e já havia vitimado algumas pessoas. Seu pai sempre o advertia a que nunca fosse nadar ali, mas o jovem insistia em nadar ali. Certa vez o jovem foi ao rio e ao retornar deparou-se com um pé de morangos. Sabendo que seu pai gostava muito desse fruto, colheu os maiores e mais maduros e os levou para casa. Ao encontrar com seu pai, entregou-lhe aqueles morangos. Seu pai sabia muito bem de onde tinha vindo aqueles morangos, e perguntou ao filho se ele havia ido nadar no rio. O filho respondeu dizendo que sim. Triste, o pai olhou para seu filho, colocou os morangos de volta nas mãos dele e disse:

- Filho, você precisa aprender que obedecer é melhor do que dar presentes.

É isso que muitas vezes fazemos em nossa relação com Deus, ou seja, desobedecemos e tentamos agradá-lo com algumas atitudes litúrgicas. Não podemos nos esquecer daquilo que disse Jesus em João 14:21: “Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele”.

Jesus foi o exemplo mais importante sobre obediência. O texto de Filipenses 2.8 diz que Jesus se humilhou e foi obediente até a morte e morte de cruz. Veja os resultados maravilhosos auferidos por aqueles que obedecem a Deus.

1.     Recebem o Espírito Santo, conforme Atos 5.32. A obediência constante e incondicional nos faz ferramentas úteis e instrumentos afinados nas mãos de Deus. Desobedecer é rebelião, obedecer é submissão e o Espírito Santo de Deus se manifesta poderosamente na vida daqueles que obedecem.

2.     São inabaláveis. Podem vir as tempestades, mas elas não irão destruir aqueles que obedecem. Mateus 7.24. O obediente que pratica a Palavra de Deus se torna experiente e forte. Ele sobrevive às mais duras batalhas.

3.     Glorificamos a Deus quando o obedecemos. 2 Cor. 9.13. Jesus obedeceu a Deus e por isso ele disse em João 17:4: “Eu te glorifiquei na terra, consumando a obra que me confiaste para fazer;...”.

     Com certeza essa é uma das mais difíceis tarefas na vida cristã porque obedecer revela a presença, o tamanho e o vigor de nossa fé em Deus. A obediência é o consentimento da razão; a resignação é o consentimento do coração. Ambas são forças ativas, porquanto carregam o fardo das provações, que a revolta insensata deixa cair.

   Olhe para sua vida, prezado leitor e veja o quanto de obediência a Deus há no seu cotidiano. Veja e analise o quanto suas palavras refletem esse princípio. Analise com sinceridade o quanto aquilo que você pensa está sob essa premissa. Observe criteriosamente os seus relacionamentos e veja o quanto a obediência a Deus tem proporcionado a você uma convivência pacífica e sadia em casa, na Igreja, no trabalho e assim por diante.  Seja obediente a Deus e Ele te abençoará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS