quinta-feira, 1 de setembro de 2016

ATITUDES & PALAVRAS

Atitudes marcam a vida da gente. As palavras são mais facilmente esquecidas.

Havia um jovem que viveu na roça até entrar na faculdade. Ele usava camiseta simples, calça jeans e chinelos. Raramente se vestia de outra maneira. Do começo ao fim do seu curso ele se trajou dessa maneira. Durante o curso na faculdade ele conheceu Jesus como seu Salvador e Senhor.  Certo dia decidiu participar do Culto na pomposa e tradicional Igreja que existia próxima à faculdade. Vestiu-se como sempre e entrou na Igreja. Lotada! Não encontrava lugar para se sentar e as pessoas o olhavam com certo, digamos, espanto, por sua vestimenta. Sem encontrar um lugar em banco para se sentar, sentou-se no chão bem próximo ao púlpito. O Pastor ficou incomodado e tranquilizou-se ao ver que o Diácono se aproximou do rapaz. Aliás, todos ficaram esperando que aquele senhor fizesse alguma coisa. O Diácono então, ao se aproximar do rapaz, sorriu e sentou-se ao seu lado. Como certeza muitos podem ter se esquecido das palavras do Pastor no seu sermão, mas a atitude daquele Diácono ancião, ninguém jamais esquecerá.

Palavras são importantes, mas as atitudes são mais importantes do que as palavras. Fazer discursos inflamados não é difícil, difícil é transformar em atos cada ideia vestida nas palavras dos discursos.

Eu me recordo de ter ido ao sepultamento da esposa de um amigo. O Pastor falou bonito e todos nos comovemos. Eu fiquei um pouco distante daquele amigo porque preferi deixar que os familiares ficassem ao seu redor. Depois de falar o Pastor orou e pediu que cantássemos um hino. Oração feita e hino cantado o esquife começou baixar à cova. Esse amigo, então, caiu em pranto. Chorou alto, compulsivamente. Todos olharam e se sensibilizaram até que eu tive o impulso de sair de onde estava e ir até ele e abraça-lo. Choramos juntos.

Lembro-me agora, enquanto escrevo, que ouvi uma linda história, semelhante a minha, de uma menininha que perdeu sua coleguinha de escola. No dia do velório da sua coleguinha ela se levantou bem cedo e pediu permissão à sua mãe para poder ir ao velório. Sua mãe argumentou dizendo que ela não podia fazer nada e que devia manter na sua memória a lembrança de sua coleguinha ainda vida. Todavia, a menina insistiu de forma tão convicta que sua mãe permitiu que ela fosse.

Ao retornar, um pouco mais tarde, sua mãe viu seus olhos como os de alguém que havia chorado copiosamente e perguntou à filha, tentando puxar conversa: - Então filhinha, o que você disse à mãe de sua amiguinha que morreu? A menina simplesmente respondeu: - Nada mamãe. Eu disse nada. Apenas me sentei ao lado dela e chorei.

Há momentos que palavras não resolvem, mas as atitudes sim, simplesmente porque atitudes são mais importantes que as palavras.

Jesus falou o suficiente e teve atitudes mais do que suficientes. No Calvário disse pouco, mas seu gesto ali marcou a história e salvou vidas. 

Um comentário:

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS