sexta-feira, 16 de setembro de 2016

MARIA ISABEL (MABEL).

NASCEU MARIA ISABEL
Quanta emoção! Era o dia 18.08.2016! Quinta-feira. Uma boa representatividade da família estava lá. Os pais da mãe, os pais do pai, irmãos, primos, etc....Todos estavam ansiosos e ela chegou. E chegou dando susto. Mas foi só um susto porque ela logo superou a dificuldade que enfrentou ao nascer. Creio que ela ficou irritada por terem-na tirado do sossego e a terem trazido para esse mundo tão maluco.

          
Nasceu o neto número seis (6). Eu fiquei em uma bifurcação. Uma placa apontava para a alegria e outra para a tristeza. Resolvi seguir a placa que apontava para a alegria. A tristeza se dá por conta de imaginar que esse nascimento de minha neta provavelmente encerra um ciclo, uma etapa, nessa vida maravilhosa que Deus me deu. Pode ser meu último neto....(buá).

Nasci, cresci! E como cresci! Estudei, namorei, me casei, estudei de novo, continuo estudando, vi meus filhos nascerem. Emoção especial no nascimento de cada um; impar, singular! E eles estudaram, namoraram, noivaram, casaram e agora, exatamente quando a vida começa a ficar um pouco monótona, eis que os chegam os netos e dão um up grade em minha vida e na vida de Angela minha esposa que tem sido minha companhia nessa jornada tão abençoada.

A vida é feita de etapas e ciclos. Vamos, com a ajuda de Deus que nos dá a vida, nos sustenta e nos mantém de forma incompreensível e imerecível, superando cada etapa, completando cada ciclo, vencendo os obstáculos, nos adaptando às novas realidades. Foi maravilhoso ouvir o primeiro filho dizer o primeiro “papai” e “mamãe” e tem sido enormemente maravilhoso ouvir dos lábios de cada neto o som do céu: “vovô, vovó”.

Dizem que os netos são os filhos com açúcar. Dizem que os netos são a sobremesa da vida. De tudo eu sei que netos são os filhos dos filhos e a Bíblia diz que isso é benção de Deus. Pelo menos é assim com os que creem em Deus. Esse é o meu caso. Respeito o seu jeito de pensar, mas eu só vejo sentido e graça quando, mesmo nos momentos de aflição, contabilizo Deus. Alguém já disse que o momento mais cruciante para um ateu é aquele no qual ele sente o desejo incontido de agradecer, mas não sabe a quem o fazer. Eu sempre digo: Graças a Deus...

Maria Isabel nasceu e eu fiquei emocionado (outra vez – doce adrenalina). Confesso que, assim como no caso dos filhos quando nasciam, senti uma emoção como se fosse única. Eu esperei Maria Isabel com enorme ansiedade. Eu fui testemunha dos cuidados dos pais em amadurecerem o feto e cuidarem para que Maria Isabel chegasse bem, perfeita e saudável. Ultrassonografias, Pré-Natais com uma médica para lá de competente, medicamentos tomados, cuidados especiais, controle da ansiedade e apreensão. E ela veio na tarde meio friorenta e cinzenta do dia 18 de Agosto de 2016. Dia para marcar na agenda e nos calendários dos muitos anos por vir.

Não quero ser apelativo, mas eu não sei por quanto tempo eu estarei ao lado de Maria Isabel na sua jornada de vida. Afinal de contas ela nasceu e eu já sou um homem na terceira idade. Mas a vida é assim, e por isso vou me esforçar para poder aproveitar o máximo da companhia dessa linda menininha esperada com tanto amor.

Vou orar por Maria Isabel assim como oro por Gabriel, Sophia, Bernardo, Helena, Lucas e também por meus sobrinhos netos que são muitos. Vou pedir ao Deus da Bíblia que a guarde de todo mal, que ela cresça em um ambiente de amor exagerado, de gratidão constante. Vou pedir que Deus a leve e a traga sempre em segurança por onde ela for. Que Deus lhe dê um coração cheio de amor e perdoador. Que sua vida seja marcada pela repulsa ao preconceito, mas que ela saiba escolher os amigos e os ambientes. Que ela nunca se esqueça de obedecer ao quinto mandamento (Honrar o Pai e a Mãe). Que ela ame a leitura e a música. Que ela torça por qualquer time contanto que seja corintiana. Que ela não se preocupe tanto em ser bela por fora, mas que cuide de sua beleza interior. Que ela entenda que é respeitando que nos tornamos respeitáveis. Que não é preciso muito dinheiro para viver porque o amor do dinheiro tira o amor por tudo o mais inclusive o nosso amor por Deus (não dá para servir a dois senhores). Que ela descubra, o mais rápido possível, que não é quanto vivemos que importa, mas como vivemos a vida que faz com que marquemos todos aqueles que vivem ao nosso redor.

Ah! Depois de tantos anos eu tenho tantos conselhos para dar à Maria Isabel e, por tabela, a todos os outros netos e sobrinhos netos. Algumas lições eu demorei para aprender e algumas ainda estou tentando colocar em prática, mas é melhor errar tentando do que cometer o erro de não tentar. Se há algo que vale a pena nessa vida é sempre tentar fazer o bom e o bem. Acertamos muito mais do que erramos. Podem crer. E fazer o bem é sempre bom.

Maria Isabel; seja bem vinda, welcome, benvenida, willcommen, benvenuto....Enfim, aqui tens nosso coração, entra e aproveita, ele está repleto de amor.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS