sábado, 22 de outubro de 2016

MINHA QUERIDA ESCOLA DOMINICAL. (Um pouco mais sobre essa instituição)

MINHA QUERIDA ESCOLA DOMINICAL.
(Provérbios 22.6)
“Quando eu era criança, aprendi coisas que hoje, já adulto, eu busco praticar e ensinar aos meus filhos”.
Rev. Mauro Sergio Aiello

Eu sou mesmo um incorrigível sentimental e saudosista. Todas as vezes que me lembro da infância, eu o faço com uma carga de emoção muito grande. É sempre muito emocionante permitir que a mente volte anos atrás e poder me ver naquele campinho onde batíamos nossa bolinha. Como é bom me lembrar dos meus amigos com nomes estranhos; Adalberon, Linécio, Oswaldir, e também com nomes “normais”; Oswaldo, Adilson, Roberto, Carlos (Carlinhos é claro), e tantos outros. Há outras lembranças muito gostosas de minha infância.

Ah! Deixe-me contar mais uma delas para vocês. Eu gostava quando chegava a chamada “Semana Santa”. Meu irmão José Luiz e eu saíamos pra vender limão rosinha pela vizinhança, pois com o dinheiro íamos ao cinema (Cine Saturno) para assistir a sessão dupla: um Bang-Bang e a Paixão de Cristo. Bem, há muitas e gostosas lembranças de minha infância e também de minha adolescência.

Hoje quero me referir a uma dessas lembranças de forma muito especial. Refiro-me à Escola Bíblica Dominical da Igreja Cristã Evangélica de Vila Buenos Aires da qual éramos membros.

Minha mãe foi, na realidade, minha primeira professora (sofreu, sem dúvida); depois dona Aparecida (que já mora com o Senhor, e que foi minha mãe “preta”). Depois dela veio minha querida Júlia Ferraz, com aquela paciência e competência. Outra querida professora foi Dona Ana, a quem carinhosamente chamávamos de “Tiana”. É que ela tinha muitos sobrinhos e sobrinhas na Igreja, e eu, entrava no barco da família e a chamava de “Tiana” também. Não há como evitar as lágrimas mesmo agora quando escrevo e me recordo destas mulheres maravilhosas. Como eu as amo, jamais me esquecerei delas; jamais. Isto é impossível, pois a marca que elas deixaram em minha vida, em um período tão importante dela, é perene.

Lembro-me de meus amigos da Escola Bíblica Dominical. O Roberto Brito, com quem eu disputava quem sabia mais. Hoje ele é Pastor da Igreja Batista Regular de Itaquera. O Paulo, seu irmão; a Hermínia e sua irmã Maria, aquele Adalberon que citei antes. Ele jogava uma bolinha comigo e era membro da mesma Igreja. Este era, inclusive o mais chegado de todos. Nós sempre ensaiávamos para cantar, mas nunca deu certo. Bem, na verdade acho mesmo que poupamos muita gente.

Recordo-me também que foi em uma Escola Bíblica Dominical que vi pela primeira vez uma moreninha muito bonita lá na frente, recitando um versículo bíblico com sua classe. Acabei me casando com ela exatamente nove anos depois disto.

Queridos professores: que tipo de lembranças terão seus alunos da Escola Bíblica Dominical de cada um de vocês? Queridos alunos: que lembranças terão vocês da Escola Bíblica Dominical?

É mesmo encantador e encorajador ver que pessoas idosas superam as enormes barreiras da limitação física para freqüentar nossa Escola Bíblica Dominical. Chegam cedo, se sentam e demonstram uma vontade enorme de aprender.

Queridos, sejamos mais assíduos e responsáveis com a Escola Bíblica Dominical, não só para que tenhamos boas recordações, mas para que possamos aprender como caminhar na vida cristã, com testemunho de que verdadeiramente não pertencemos mais a nós mesmos, mas sim a Deus.

Sempre quando comemoramos o Dia da Escola Dominical eu oro por meus professores e por aqueles que hoje são meus alunos, para que Deus os encoraje a assumir um compromisso maior com esta instituição tão importante.

Salve a Escola Bíblica Dominical, a mais importante de todas as escolas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS