terça-feira, 4 de outubro de 2016

O NOVO NO VELHO

O NOVO NO VELHO
(Mateus 9.14-17)
“Nós vivemos no passado, mas não devemos viver do passado”. 
Rev. Mauro Sergio Aiello

É mesmo uma coisa estranha um remendo de pano novo em um vestido de pano velho. Jesus disse: “Ninguém põe remendo de pano novo em vestido velho; porque o remendo tira parte do vestido, e fica maior a rotura”. Mateus 9.16.  O pano novo certamente, na primeira lavada, vai encolher e então o tecido vai rasgar, ou o pano velho não suporta a costura.
         
Outra coisa estranha é colocar vinho novo em odre velho. Nos dias de Jesus os odres eram de couro e o couro velho perdia, com o tempo,  sua elasticidade de tal forma que, se colocassem nele vinho novo, este fermentaria e certamente o odre não suportaria, vindo a romper-se. O certo era colocar vinho novo em odre novo.

Ao longo de sua história, a Igreja tem se aprisionado ao velho. Temos uma natural relutância em aceitar o que é novo. Tememos o novo a ponto de o rotularmos, muitas vezes como antibíblico, heresia. Eu fico me imaginando o que pensariam os adeptos do Canto Gregoriano se ouvissem um destes corais mistos das igrejas de hoje. Certamente, os corais seriam rotulados de antibíblicos. Onde já se viu uma mulher cantar lá na frente com homens? Um absurdo! E que coisa é essa de dividir o coral em quatro vozes, baixo, tenor, contralto, soprano?

Temos receio do novo; gostamos de estabilidade de uma tal forma que qualquer estilo que seja “novo”, já é rotulado de erro. Jesus fala a esse respeito quando se refere ao remendo de pano novo em vestido velho e ao vinho novo em odre velho.

A história do progresso é a história do novo que superou o velho. O velho um dia foi novo. Todas as idéias novas têm tido que lutar para poder se impor. O automóvel, o trem e o avião foram vistos com ceticismo por muitos, em seus primórdios. Simpson teve que lutar para introduzir o clorofórmio, e Lister teve que lutar para introduzir os anti-sépticos na prática médica e cirúrgica. Copérnico foi obrigado a retratar-se ao afirmar que era a terra que girava em torno do sol e não o contrário como se dizia. A Igreja o ameaçou e ele teve que recuar. Mas hoje todos nós aprendemos, em nossa formação mais básica, que é exatamente isso, ou seja, é a terra que gira em torno do sol, mesmo. Jonas Hanway, o homem que introduziu o guarda-chuva na Inglaterra, sofreu a hostilidade de alguns transeuntes quando saiu pela primeira vez à rua com esse artefato, recebendo insultos e até objetos que lhe eram arremessados. Você conhece, hoje, algum “lord inglês” sem um guarda-chuva, na úmida Londres?

Certamente muitas novidades vão surgir. Devemos discernir os tempos e os modos e procurar filtrar o que é bom naquilo que é novo e adotá-lo. Assim nos tornarmos modernos no bom sentido do termo. Para os fariseus, escribas, sacerdotes e até para os discípulos de João, Jesus era um modernista, um homem com “idéias muito avançadas”.

Nunca se esqueça, prezado leitor, que o museu só existe para nos advertir e nos ensinar a construir um futuro mais promissor. Ninguém vive do passado, pois o passado passou e, como diz o ditado popular: “águas passadas não movem moinho”.  E por falar em novo é bom lembrar que.. “as misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim, se renovam (são novas) a cada manhã”.  Então que o novo venha e que sejamos senhores dos tempos, dos modos de tal maneira que saibamos desfrutar daquilo que o novo tem de bom e descartar aquilo que é inconveniente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS