quinta-feira, 27 de outubro de 2016

SENHOR: ONDE É CERTO ADORAR?

(João 4.23,24)
“Onde devemos adorar me confunde. Quando  e como devemos adorar, me esclarece”.
Rev. Mauro Sergio Aiello

Na conversa com Jesus, a mulher samaritana abordou este tema, ou seja, qual o lugar onde a adoração deveria acontecer. Para os samaritanos, o monte Gerezim era o local certo, mas para os judeus, Jerusalém era o lugar onde Deus deveria ser adorado. E esta questão, entre outras, havia aberto fendas no relacionamento entre “israelitas do norte” e “israelitas do sul”. A resposta de Jesus foi extraordinária e é interessante como ainda hoje esta questão, travestida de outras formas, ainda insiste em permanecer. Jesus disse em bom tom: “Mas vem a hora, e já chegou, quando os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade”. João 4.23,24.

Amados irmãos: Uma igreja realmente apaixonada por Deus e por seu Cristo é composta de homens e mulheres, moços e moças, adolescentes e crianças que sabem muito bem que o louvor e a adoração não são restritos ao momento comunitário, mas são atividades cotidianas em todos os segmentos nos quais nós nos encontramos, seja em casa, no trabalho, na escola, entre os amigos, batendo papo, praticando esporte, etc... Como temos dito em outras oportunidades: Se não erigirmos altar em casa ou em outro lugar que seja, não haverá possibilidade de erigirmos altar na Igreja.  Falando de outra forma, e parafraseando o Pastor Caio Fábio: “Se não houver culto na vida não haverá vida no culto”. E isso independe do local onde nós estejamos.

O culto comunitário, todavia, é um momento de transcendental importância, no qual Deus tem prazer. “Deus habita no meio dos louvores”. Na experiência litúrgica do Antigo Testamento, o Tabernáculo Móvel era levantado e as tribos de Israel ficavam acampadas em volta. Sua glória se manifestava ali, no Tabernáculo. Era um momento especial para Israel e deve ser para nós que somos o Israel de hoje.

Estas considerações visam amadurecer  você, querido (a)  leitor (a), neste item tão importante do “script” da vida cristã. Adorar a Deus em espírito e em verdade, apaixonadamente, com santo fervor (mas sem exageros) com a mente e com o coração, produz resultados sem conta. Deus quer que nos deleitemos nEle. Ele quer ser o prazer de nossa alma. Ouçam o salmista: “Ó Deus, tu és o meu Deus forte, eu te busco ansiosamente; a minha alma tem sede de ti; meu corpo te almeja, numa terra árida, exausta, sem água. Assim eu te contemplo no santuário, para ver a tua força e a tua glória. Porque a tua graça é melhor do que a vida; os meus lábios te louvam. Assim cumpre-me bendizer-te enquanto eu viver; em teu nome levanto as mãos. Como de banha e gordura farta-se a minha alma; e, com júbilo nos lábios, a minha boca te louva, no meu leito quando de ti me recordo, e em ti medito, durante a vigília da noite”. (Sl 63.1-6)

Foi Norman B. Oke quem disse: “A verdadeira adoração não depende do pregador nem do local, mas da atitude do nosso coração”. 

Amados irmãos: façamos de nossa Igreja, e de nossa própria vida, um lugar onde pecadores inconversos possam ver a Deus através da adoração que lhe prestamos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS