segunda-feira, 21 de novembro de 2016

A MENTIRA


“Há mentiras contadas tantas vezes que até o mentiroso passa a crer nelas como se fossem verdades”.
Rev. Mauro Sergio Aiello
Atos 5.1-11

Na carta que escreveu aos efésios, na parte em que passa a instruí-los com respeito a alguns aspectos da vida cristã prática, Paulo afirma: “Por isso, deixando a mentira, fale cada um a verdade com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros”. (Efésios 4.25)

Há outro versículo bíblico que fala sobre esse inimigo oculto, em todos os sentidos, que chamamos de mentira. Ao falar sobre a universalidade do pecado na carta aos romanos, Paulo afirma: “...pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém”. (Romanos 1.25)

Aqui há alguns aspectos que eu gostaria de destacar que julgo serem importantíssimos. A mentira é um pecado cometido em três direções. Pecamos contra Deus, já que a mentira é filha do Diabo que mentiu desde o princípio, é uma ofensa contra a unidade já que sendo membros uns dos outros podemos com ela quebrar relacionamentos e promover discórdias e dissensões e é uma ofensa contra nós mesmos já que o cristão sente o peso do pecado que o assedia e a mentira é um pecado que devemos evitar.

A mentira aprisiona todo aquele que dela faz uso. Tudo começou com uma mentira travestida de meia verdade. O homem passou a conhecer o bem e o mal, mas não se divinizou por isso, pelo contrário, alienou-se de Deus porque Deus é verdade pura e totalmente incompatível com a mentira, já que ela é pecado. Jesus disse: “...e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. (João 8.32) O Salmista faz uma pergunta e a responde nos seguintes termos:: “Quem, Senhor, habitará no teu tabernáculo? Quem há de morar no teu santo monte? O que vive com integridade, e pratica a justiça, e, de coração, fala a verdade”. (Salmo 15.1,2)

A mentira é um atentado violento contra a unidade. A verdade, por mais dura que seja, por mais realista que se apresente é como uma ferida que se abre, mas que cicatriza. É, entretanto, conveniente observar que a verdade é alguma coisa que precisamos dizer em amor, porque a verdade dita sem essa motivação se constitui em legalismo, pura e simplesmente. Eu conheci uma pessoa desbocada e muito mal educada que vivia dizendo: “Eu sou sincera. Quando eu tenho que dizer a verdade para uma pessoa, digo logo na cara”. Na maioria das vezes sua atitude tinha como objetivo, humilhar a outra pessoa muito mais do que corrigi-la por algum equívoco que tivesse cometido. Sinceridade sem a motivação correta é pura falta de educação e desamor ao próximo. O sábio escreveu: “A resposta branda desvia o furos, mas a palavra dura suscita a ira”. (Prov. 15.1) Como é terrível descobrir que deram um falso testemunho a nosso respeito. Por isso devemos ser cuidadosos quando formos dizer algo de alguém para ver se o que dizemos é verdade e se ao dizermos nossa motivação é correta aos olhos de Deus.

Ao mentirmos prejudicamos nosso projeto de santificação pessoal. Nada é mais prejudicial para emperrar e entravar a ação do Espírito Santo de Deus em nossas vidas do que o pecado. Mentir é pecar! Quem vive mentindo, vive pecando. Talvez você conheça aquela história do rapaz que pediu a moça em casamento dizendo que não fumava, não jogava, era bom filho, trabalhador, educado, carinhoso, econômico, estudado, mas que tinha um pequeno problema: ele gostava de mentir. Não é preciso muito esforço para deduzir que ele foi rechaçado.

Quem mente, tenta criar outro eu, ocultar suas fraquezas e limitações. Quem mente tenta evitar o confronto com seu ego e encará-lo na presença de Deus em busca de mudanças. Quem mente tenta fugir das responsabilidades que a vida lhe impõe, vivendo nas sombras. A mentira é como a figueira que Jesus amaldiçoou (Mateus 21.18-22), tem flores, mas não tem frutos. O mentiroso tem sempre necessidade de ser lembrado, mas falando sinceramente, e em amor; é preferível escolher o anonimato falando a verdade.

Ananias e Safira mentiram e pagaram caro pelo preço de seu erro. Muitos querem os milagres e intervenções divinas idênticas às que ocorreram nos dias da Igreja Primitiva descrita por Lucas no livro de Atos, mas é melhor pensar que se isso de fato ocorresse, seríamos um grupo bem pequeno. Fale a verdade e você poderá dormir melhor e andar com mais desenvoltura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS