segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

A FELICIDADE

  
Cada um é feliz à sua maneira, dizem alguns. A felicidade é um problema individual. Aqui, nenhum conselho é válido. Cada um deve procurar, por si, tornar-se feliz”, foi o que disse Sigmund Freud.

Outro dia ouvi saído da boca do Rev. Hernandes Diass Lopes a seguinte frase sobre felicidade: Felicidade não é o lugar onde chegamos, mas a jornada que empreendemos”. Bem, foi isso que ele disse, não nessas palavras. A questão é a seguinte: Você é feliz? Você sente felicidade?

       A minha preocupação primordial em tocar nesse assunto está relacionada ao número enorme de pessoas que vivem à base de antidepressivos, de remédios que inibem a depressão. Eu sei, pelo que li, que há depressão de origem biológica e pessoas que tem problemas na produção de algumas enzimas responsáveis pelo humor podem sofrer de depressão e nesse caso elas precisam ser medicadas.

Mas eu quero me dirigir a pessoas que vivem tristes porque fazem uma leitura da vida de uma forma equivocada. Jesus fala sobre a felicidade logo no início do seu Sermão do Monte. A expressão BEM-AVENTURADOS – significa exatamente isso, ou seja, FELIZES, AFORTUNADOS, aqueles que: são humildes, são sensíveis a ponto de chorar seus pecados, são equilibrados não se deixando seduzir pelo elogio e nem se abatendo com a crítica, têm fome e sede da retidão divina, são misericordiosos sentindo a dor do outro neles mesmo, têm o coração limpo, são agentes da paz e por serem tudo isso são perseguidos por causa da justiça, são injuriados porque se parecem com Cristo.

Interessante que essa sessão do Sermão do Monte, Mateus 5.1-12, termina com uma palavra de encorajamento em favor da felicidade: regozijai-vos e exultai, diz Jesus. E Jesus diz que esse regozijo e exultação não estão vinculados à perseguição e as injúrias, mas sim ao galardão que está reservado aos que são BEM-AVENTURADOS.
Assim concluo concordando com a tese do Rev. Hernandes quando afirma que a felicidade não é o objetivo de nossa vida, ou seja, não é onde queremos chegar, mas sim a jornada, o caminho que empreendemos.

A felicidade não depende do que temos, mas sim do que somos na essência.

Jesus foi um homem feliz. Um exemplo de homem feliz, simplesmente porque encarnou todas as virtudes do BEM-AVENTURADO. Ele foi perseguido, condenado injustamente e morto de forma ilegal, mas sua felicidade estava em toda essa jornada que incluía a dor de morrer pelo eleito de Deus.

Felicidade é a estrada percorrida tendo como companhia o homem mais feliz da terra; Jesus. Sem ele a jornada, por mais lindas que sejam as paisagens, ainda terá sido uma estrada de alegrias ilusórias.

Fato....FELICIDADE É O CAMINHO COM CRISTO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM-VINDO E BOA LEITURA!

Fico feliz em que você visite o Blog Conteúdo. Faço parte dessa comunidade de gente que gosta de escrever e expor o que escreve sem nenhum receio de ser lido e contestado. Fique a vontade nessa minha sala de leitura. Espero, sinceramente, que meus escritos ajudem você de alguma maneira, mas principalmente do ponto de vista espiritual. Se você quiser me ajudar ore por mim e peça a Deus que me mantenha firme na fé cristã. Se você não é um cristão como eu, eu gostaria de conhecer você e falar para você sobre minha fé. É só ir na seção dos comentários e fazer contato.

Um abraço.


FAMÍLIA.....

FAMÍLIA.....
O MAIOR PATRIMÔNIO DE UM HOMEM É SUA FAMÍLIA

FILHOS

FILHOS
QUERIDOS